Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Fatos Históricos

45 anos da Revolução dos Cravos

45 anos da Revolução dos Cravos

Conteúdo postado em 30/04/2019

Olá, Sapientes!

 

Semana passada, mais precisamente dia 25 de abril, tivemos mais uma efeméride na História Mundial. Os portugueses comemoraram os 45 anos do que ficou conhecido como a Revolução do Cravos, ou seja, a derrubada do regime militar que estava no comando de Portugal desde 1926.

 

O governo militar foi instaurado em Portugal a partir da tomada do poder pelo exército no ano de 1926. Após disputas entre lideranças militares, em 1928, o general Fragoso Carmona sagrou-se vitorioso e tornou-se o novo Presidente. Em 1932, Fragoso nomeou Antônio de Oliveira Salazar como seu Primeiro-Ministro de Finanças, o qual viria a se tornar o governante de fato, apesar de Fragoso ter permanecido na presidência até 1951.

 

Sob o comando de Salazar, em 1933, foi instituído um novo regime de governo, o Estado Novo, no qual foi promulgada a Constituição de 1933, que suprimia, entre outros aspectos, liberdades democráticas da população. Salazar só foi retirado do poder em 1968, em decorrência de lesões cerebrais sofridas em um acidente e, por ter permanecido por tantos anos à frente do governo, muitos denominam esse período de governo militar como regime salazarista.

 

O regime militar manteve-se no poder até 1974, quando, em 25 de abril, o Movimento das Forças Armadas, um grupo de jovens militares, composto em sua maior parte por capitães, juntamente com grande adesão da população portuguesa, liderou um movimento revolucionário contra o regime até então no poder, o qual foi derrubado sem necessidade de um embate em grande escala. Retornava-se, nessa data, portanto, a um regime democrático em Portugal.

 

Mas eu devo saber essa data para o CACD?

 

Para o Concurso de Admissão à Carreira Diplomática, além de nos lembramos em qual ano a Revolução ocorreu, é ainda mais importante sabermos em que momento na história o movimento aconteceu, seus motivos e quais as implicações dele no mundo.

 

De fato, História Mundial é uma disciplina de grande relevância para o concurso, tendo em vista o seu notável peso na fase objetiva. Na prova do ano passado, foram 11 questões de um total de 73. Isso significou 15% da nota final dessa primeira fase. No entanto, há que se ter em mente que, na fase dissertativa subsequente, essa matéria não é cobrada, portanto, seu estudo deve ser estrategicamente planejado para não ocupar mais tempo que deveria.

 

E como eu faço um planejamento de estudos para História Mundial?

 

Modéstia à parte, o Sapientia é o lugar certo para você encontrar a orientação adequada em seu planejamento de estudos não só de História Mundial, como das demais matérias. O nosso corpo docente é reconhecidíssimo no mercado e ele vai te mostrar o passo a passo de como montar a sua estratégia de estudos para todas as disciplinas cobradas no concurso.

 

E este é o momento ideal, pois o nosso curso regular extensivo (CRE) está com uma turma novinha em folha que acabou de começar. Todas as matérias são oferecidas com aulas online 100% inéditas, plantão de dúvidas diretamente com os professores e materiais em PDF. Imperdível, né?

 

>>> Conheça mais sobre nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-45-anos-da-revolucao-dos-cravos

ARTIGOS RELACIONADOS