Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Atualidades

A quantas anda a Argentina?

A quantas anda a Argentina?

Conteúdo postado em 23/04/2019

Olá, Sapientes!

 

A Argentina andou figurando os últimos noticiários internacionais, vocês acompanharam? A razão, infelizmente, tem sido a grave crise econômica que o país vem enfrentando e quais medidas vêm sendo adotadas para evitar um agravamento ainda maior dessa situação.

 

Com uma inflação que já acumula um índice acima dos 54%, nos últimos 12 meses, e a linha da pobreza que já atinge 32% da população, o governo de Mauricio Macri não vem conseguindo cumprir sua promessa de campanha que era de melhorar a situação econômica de seu país, principalmente em relação à redução das taxas inflacionárias.

 

Muito da crise argentina deve-se ao fato de que Macri não foi exatamente ágil no combate ao déficit público de seu país e de que a constante aquisição de recursos externos acabaram acarretando em muito a fuga de capitais. Além disso, o montante advindo do Fundo Monetário Internacional veio acompanhado de uma imposição de cortes que agravaram a recessão argentina, a qual, possivelmente, continuará avançando até o próximo ano.

 

Nesse sentido, Macri anunciou, na semana passada, um plano para congelar preços e tarifas, pelo período de seis meses, o que poderá afetar cerca de 60 produtos. Essa medida vai de encontro ao que havia prometido em sua campanha, quando afirmou que não interviria nos mercados. Para o presidente argentino, o plano seria apenas para promover um alívio em curto prazo para uma população que há muito vem sofrendo com a crise.

 

Para muitos analistas, o plano de Macri tem um viés eleitoral, já que as primárias argentinas estão previstas para acontecer em 11 de agosto e as eleições em 27 de outubro deste ano. Ah, detalhe: segundo as pesquisas de intenção de voto, a principal adversária da reeleição de Macri seria Cristina Kirchner. Realmente 2019 promete ser um ano crucial na história argentina e nós, aspirantes à carreira diplomática, acompanharemos tudo isso bem de perto, não é mesmo?

 

A economia da Argentina é assunto do edital do concurso para diplomata?

 

De certo modo, sim. O tema é abordado pelo item 4, de Política Internacional, sobre “a política externa argentina” e a relação entre “a Argentina e o Brasil”, constante no último edital de abertura do Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD) em 2018. Nesse sentido, é fundamental que acompanhemos os desdobramentos e o posicionamento da chancelaria brasileira em relação às medidas econômicas adotadas pelo governo de nosso vizinho, principalmente aquelas que poderão afetar a relação entre os dois países.

 

Para isso, o Sapientia oferece todo o apoio que você precisa em seus estudos. As aulas do curso regular extensivo de Política Internacional – que começaram há pouco tempo – englobam temas como a política externa brasileira, as teorias de relações internacionais, as relações do Brasil com diversos atores do cenário mundial, os temas da agenda internacional e as atualidades referentes ao edital.

 

Quer fazer parte dessa nova turma? Então saiba que as aulas são 100% inéditas, com plantão de dúvidas diretamente com o professor e material disponibilizado em PDF. Não dá pra perder, né?

 

>>> Vem com a gente para conhecer mais sobre nosso curso regular aqui.

 

Até a próxima!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-a-quantas-anda-a-argentina

ARTIGOS RELACIONADOS