Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Atividades de um Diplomata

Atividades de um Diplomata

Você sabia que a carreira de um diplomata tem duração média de 40 anos? É tempo mais que suficiente para servir em vários postos pelo mundo afora e entrar em contato com diversos idiomas e inúmeras culturas, não é verdade? Se a diplomacia é o seu grande sonho, então está na hora de conversarmos sobre...

 

O que faz um diplomata ao longo de sua carreira?

 

O diplomata é um servidor público integrante do Serviço Exterior Brasileiro. Durante sua carreira, suas atividades vão girar em torno da:

- Implementação de diretrizes de política externa do Brasil – seja representando o Estado junto à comunidade internacional, seja negociando tratados e acordos que defendam os nossos interesses;

- Prestação de assistência aos brasileiros que moram foram do país;

- Ajuda para promover o nosso comércio no exterior;

- Divulgação da cultura brasileira em outros lugares do mundo.

 

Um diplomata pode, ainda, ajudar na organização das eleições para a comunidade brasileira no exterior. É sensacional, né?

 

A carreira diplomática é mesmo muito versátil e oferece uma infinidade de atividades, tendo em vista que a mudança de país para país e a progressão de níveis dentro da carreira oferece aos profissionais diversas possibilidades de combinação para sua atuação. Entretando, vale ressaltar que o “glamour” associado à carreira pode não ser verificado na realidade. Nesse sentido, é importante compreender quais funções são desempenhadas pelo diplomata nas linhas de atividade existentes.

 

Atividades na linha consular

 

Quando não alocadas no Palácio do Itamaraty, as atividades de cunho consular podem acontecer em uma embaixada ou consulado em país estrangeiro. Nessa posição, o diplomata tem sob sua responsabilidade os assuntos relacionados aos cidadãos brasileiros no exterior, atuando de maneira mais direta com essa comunidade, seja na emissão de vistos, ou mesmo, prestando auxílio a brasileiros presos por crimes cometidos em terras estrangeiras. Trata-se de uma atividade mais burocrática e, nesse sentido, bem diferente da imagem que habita o imaginário popular, não é mesmo?

 

Atividades na linha diplomática

 

É, na linha diplomática, que encontramos as atividades mais comumente atribuídas à carreira. Aqui os diplomatas tratam de acordos bilaterais, de transmissão de informações de interesse do governo brasileiro no país estrangeiro, de atuação junto a órgãos como as Nações Unidas, tendo, assim, a oportunidade de se envolver em processos e negociações decisivas que integrem os interesses do Brasil nos mais diferentes aspectos internacionais.

Nessa linha de trabalho, o profissional pode, ainda, representar o Brasil em temas específicos, como a não proliferação de armas nucleares, por exemplo.

 

Atividades do trabalho no Itamaraty

 

Além da demanda de trabalho proveniente da relação do Brasil com os países membros da ONU, há intensa atividade diplomática em solo brasileiro. Em Brasília, há um grande número de diplomatas que cuidam das questões administrativas e mantêm contato com as delegações estrangeiras que vêm ao Brasil.

 

Eu quero ser um diplomata. Como eu faço?

 

O ingresso na carreira se dá por meio do Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD). Aqui no Sapientia você encontrará todo o suporte para iniciar sua preparação, desde os primeiros passos rumo ao Itamaraty até conteúdos específicos para aprofundamento. E quer saber da melhor? Acabamos de iniciar uma turma novinha em folha do nosso Curso Regular Extensivo, com aulas online 100% inéditas, plantões de dúvidas diretamente com o professor e materiais em PDF.

 

E aí, a diplomacia é para você? Então pode contar com o Sapientia!

 

>>> Saiba mais sobre o nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-atividades-de-um-diplomata

ARTIGOS RELACIONADOS