Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Como estudar as matérias para o CACD

Como estudar as matérias para o CACD

Olá, Sapientes!

 

Nesta jornada de estudos, você já chegaram a perceber como muda o vocabulário e a forma de pensar de uma disciplina para outra? É como se a gente precisasse ter uma chave em nosso cérebro para girar conforme mudássemos de matéria. É coisa de doido. E isso acontece, pois, diferentemente de outros concursos da área jurídica, por exemplo, o Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD) demanda um leque de matérias com raciocínios e linguagens diferentes. E, para que o nosso estudo comece a fluir de vez, levantamos três tópicos para que possam refletir a respeito:

 

1) Autoconhecimento

 

A primeira coisa que devemos observar é se aprendemos melhor lendo, ouvindo, escrevendo ou explicando. Isso vai caracterizar como o processo de memorização se dá em seu cérebro. Ah, e não necessariamente será de apenas uma forma. É possível que que você precise de uma técnica diferente para cada disciplina ou até de uma combinação entre essas diferentes técnicas.

 

Outro aspecto importante é nos perguntarmos em quais matérias temos mais facilidade ou dificuldade de memorização, já que os nossos esforços deverão estar voltados estrategicamente para aquelas disciplinas sobre as quais não temos muita segurança ou com as quais não estamos muito familiarizados.

 

2) Compreensão das diferentes linguagens

 

É essencial que tenhamos em mente que cada matéria tem uma estrutura de pensamento própria, uma apresentação de ideias própria com palavras-chave próprias. De fato, precisamos mesmo girar a tal da chave em nosso cérebro e tentar pensar como cada autor ou grupo de autores se posicionam naquela disciplina. É necessário ler, pensar e escrever como eles, fazendo uso de seu vocabulário e tomando emprestado seus raciocínios. E é isso que encontraremos no dia da prova. Teremos que estar aptos a mudar essa chave conforme pularmos de uma matéria para outra, compreendem?

 

3) Método de estudo

 

Um concurso público é mais um desafio de fixação de informações na memória, do que inteligência e aprendizado em si. Isso significa que inteligência e aprendizado o capacitam para o estudo, porém, sem técnicas de memorização e repetição, a informação não estará acessível quando mais precisarmos.

 

Nesse sentido, qual método de estudo te ajuda a guardar melhor a informação e reativar a memória? Seria por meio de fichamentos, resumos, mapas mentais, flash cards ou, até, uma leitura estruturada? Cada um tem o sua forma de aprender e memorizar. Não existe um método infalível. Faça testes e descubra aquele que é certo para você.

 

E como saber o que ler para cada matéria?

 

Há muitos anos, a banca organizadora do CACD não publica mais a bibliografia oficial recomendada para nossos estudos. O que encontramos são sugestões em redes sociais e relatos de recém-aprovados sobre o que estudaram para cada matéria. É, realmente, muita informação e a gente fica inseguro sobre qual caminho seguir, não é mesmo?

 

Mas não se preocupe! Nós temos a solução. A equipe de professores do Sapientia é expert no CACD e vai te orientar certinho, ponto a ponto do edital, sobre qual capítulo de livro ler para que aquele item seja assimilado da melhor forma. E sabe qual o curso ideal para este início de preparação? O nosso Curso Regular Extensivo. É tudo bem explicadinho e sem perda de tempo. Sem contar que as aulas são online e 100% inéditas, com plantão de dúvidas diretamente com os professores e material em PDF disponibilizado aos alunos. Não tem como perder, né?

 

>>> Conheça mais sobre o nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-brexit-sair-ou-nao-sair-eis-a-questao

 

ARTIGOS RELACIONADOS