Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Como melhorar seu vocabulário em línguas estrangeiras

Como melhorar seu vocabulário em línguas estrangeiras

Olá, Sapientes!

 

Quando começamos a estudar para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD), nós lemos o edital e nos deparamos com o fato de cair, nada mais, nada menos que três línguas estrangeiras em nossa prova – fora a Língua Portuguesa, que, pelo grau de complexidade, pode ser considerada um outro idioma, não é verdade?

 

Nesse sentido, a pergunta que não quer calar é: como assimilar tantas palavras em um curto tempo? Como memorizar tantos vocábulos novos e, ainda, ampliar nosso léxico? Pensando nisso, a gente resolveu trazer algumas técnicas para colocar em prática a partir de já e botar nosso cérebro para trabalhar. Vamos lá?

 

1) Aumente sua exposição ao idioma

 

Nós sabemos que o tempo para os estudos é muito pequeno diante de tanta matéria, mas aumentar a exposição a uma língua estrangeira não precisa demandar muito de sua agenda. Vamos começar a criar o hábito de ter contato, todos os dias, com os idiomas a serem estudados, por meio de leitura, vídeos ou músicas.

 

O bacana aqui é separar, pelo menos, meia horinha por dia, para se ler um artigo (ou parte dele), assistir a um vídeo (com a legenda no próprio idioma) ou ouvir uma música (com a letra). Tente absorver o máximo que puder e destaque algumas novas palavras ou expressões que você aprendeu. Estabelecer uma rotina de contato com outra língua faz com que ela se torne cada vez mais natural para você.

 

2) Prefira as fontes no idioma original

 

Não raramente, autores estrangeiros são recomendados em outras matérias, como Política Internacional, História Mundial, Geografia etc. E se, em vez de lermos livros e artigos traduzidos, nós tivéssemos acesso a essas obras em seu idioma original? Quer ler as eras de Hobsbawm? Por que não em inglês? Assim, estudamos História, por exemplo, e ampliamos nosso vocabulário em uma outra língua.

 

Outra dica bacana é entrar, de tempos em tempos, no site da Organização das Nações Unidas e acessar o material por ela produzido. Um mesmo discurso ou artigo é traduzido para todos os seis idiomas oficiais da Organização, incluindo inglês, francês e espanhol. É uma boa maneira de se informar e, de quebra, aprender como traduzir para as línguas que estamos aprendendo.

 

3) Crie o seu dicionário personalizado

 

Providencie um caderninho para cada idioma que está estudando e comece a anotar as palavras e expressões que mais chamam a sua atenção. Mas é preciso categorizá-las para encontrá-las mais facilmente. Você pode criar categorias de tipos de palavras (verbos, adjetivos, conectivos etc.) e de expressões por exemplo. Lembre-se, também, de colocar as preposições mais comumente utilizadas com esses vocábulos, para treinar a regência, bem como escrever exemplos de uso dessas palavras e expressões, combinado?

 

Com esses dicionários personalizados em mãos, selecione duas ou três palavras ou expressões de cada idioma e tente encaixá-las quando estiver produzindo um texto ou treinado sua fala. Use-as quantas vezes forem possíveis, para que se tornem escolhas naturais em sua produção linguística,  

 

A carreira de diplomata é o seu objetivo de vida?

 

Então a gente tem uma novidade imperdível! Se você está começando seus estudos para o CACD agora, o Sapientia acaba de lançar uma nova turma para o Programa Primeiros Passos. O intuito desse programa é oferecer orientações estratégicas para seus estudos e te ajudar a sistematizar e planejar sua preparação. As aulas são 100% on-line e os professores são experts no assunto. Vem com a gente fazer esse tour guiado pelo edital do concurso e dar um importante passo em direção ao seu sonho.

 

>>> Curtiu? Conheça mais sobre o Programa Primeiros Passos aqui.

 

Até a próxima!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-como-melhorar-seu-vocabulario-em-linguas-estrangeiras

ARTIGOS RELACIONADOS