Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Atualidades

Retrospectiva 2018 (parte 2)

Retrospectiva 2018 (parte 2)

Conteúdo postado em 27/12/2018

Para fechar o ano com chave de ouro, vem aí a nossa Retrospectiva 2018 Parte 2!

 

Vamos lá?

 

Copa do Mundo na Rússia

 

A Rússia foi personagem principal em diversos eventos neste ano. O exercício militar de Vostok, a nada surpreendente reeleição de Putin… e, claro a Copa do Mundo!

 

Ah, e você achava que futebol e política não se misturam? Confira aqui porque isso é um ledo engano!

 

Tá certo que o Brasil não levou, mas o futebol teve a devida homenagem no mundo da diplomacia: o Guia dos Aprovados no CACD 2017, manual que compila as melhores respostas do certame do ano passado, recebeu o nome… Canarinho Pistola!

 

Mudanças nos governos da América Latina

 

Não foram poucas as eleições ao redor do mundo em 2018. Especialmente na América Latina. E as mudanças de governo levaram a grandes mudanças na região para os próximos anos.

 

Por um lado, tivemos o crescimento da direita na América do Sul, encerrando os anos da chamada “onda rosa” da centro-esquerda. Ivan Duque, na Colômbia, Sebastián Piñera, no Chile, e Jair Bolsonaro, no Brasil, marcaram o giro no continente, já iniciado em 2015 com Mauricio Macri, na Argentina.

 

Por outro lado, a esquerda chegou ao poder com o avassalador Movimento de Renovação Nacional, o Morena, liderado por Andrés Manuel Lopez Obrador. O candidato foi alçado à presidência com 53% dos votos (no México, a eleição tem apenas um turno) e ainda conquistou maioria no Congresso. Também houve mudança histórica em Cuba, já que, pela primeira vez desde a Revolução Cubana, a ilha não será governada por um Castro. Cabe a Miguel Díaz-Canel ditar os rumos do país socialista agora.

 

A violência na América Central e as caravanas de imigrantes

 

Na América Central, a onda de violência parece só aumentar. Na Nicarágua, cresceram os protestos ao governo Daniel Ortega, que ganha cada vez mais tons autoritários, com repressões excessivas aos civis. Já no triângulo Guatemala/Honduras/El Salvador, a violência das facções criminosas leva os cidadãos a buscarem uma vida melhor nos Estados Unidos.

 

O movimento, combinado à postura contrária do presidente Trump aos imigrantes, trouxe cenas impressionantes, com milhares de pessoas acampando nas fronteiras. E tudo isso poucos meses depois do escândalo da separação de famílias nos campos de imigrantes. 

 

Os atritos internos na União Europeia

 

A União Europeia também vem sofrendo com divergências no tratamento à questão migratória. O grupo de Visegrado, formado por Polônia, Hungria, Chéquia e Eslováquia, boicotaram a cúpula convocada pelo bloco para tratar sobre a migração. Já são famosas as divergências entre Bruxelas os quatro países, cada vez mais inclinados ao populismo.

 

Recentemente, a Itália também assumiu uma posição de contestação ao poder central da União Europeia, com a eleição da Liga e do Movimento Cinco Estrelas. O novo governo, assumindo uma postura anti-imigração, também foi alvo de polêmicas ao propor um orçamento com alto gasto público. Cenas para os próximos capítulos…

 

Ufa! E olhe que rolou muito mais, viu? Mas isso vamos deixar para sua revisão de fim de ano.

 

E o que 2019 trará? Teremos que aguardar para ver...

 

Conte com o Sapi para saber mais sobre as atualidades no mundo!

 

Até a próxima!

 

ARTIGOS RELACIONADOS