Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Sugestão de Leitura

Sugestão de Leitura para o CACD: Dicionários de Regência

Sugestão de Leitura para o CACD: Dicionários de Regência

Conteúdo postado em 31/01/2019

Olá, Sapientes!

 

Nossa sugestão de leitura de hoje é um pouquinho diferente e, com certeza, será muito útil ao longo da nossa vida de estudante: o Dicionário Prático de Regência Verbal e o Dicionário Prático de Regência Nominal, de Celso Pedro Luft. Sim, são dois volumes, cada um dedicado ao seu tema específico. Sinceramente, não dá pra escolher qual deles é o mais importante.

 

O Dicionário de Regência Verbal, além de apontar o significado dos verbos, vai nos ajudar a solucionar aquelas dúvidas sobre a sua transitividade – VTD, VTI, VTDI e VI, lembram-se? No caso de transitividade indireta, ele vai explicar qual a bendita preposição que deverá ser usada após o verbo selecionado e fornecer exemplos para que entendamos a utilização certinha dos termos – eu ouvi um amém?

 

Já o Dicionário de Regência Nominal vai tratar do uso da preposição após adjetivos e substantivos, além, claro, de explicar o significado dessas palavras e de sugerir exemplos de utilização. Embora saibamos que a regência nominal também ocorra com advérbios, o dicionário não aborda essa parte. Entretanto, de forma alguma, isso é motivo para deixar a desejar.

 

Mas para que um dicionário físico se temos dicionários online de graça?

 

Bom, responder essa pergunta é fácil. Infelizmente, não dispomos de bons dicionários online gratuitos que tratem especificamente sobre o tema de regência. Os dicionários comuns abordam os significados dos termos, seus sinônimos e antônimos, exemplos de uso e alguns casos de regência verbal ou nominal. Esses dicionários são indispensáveis, mas, em questão de regência, não são completos.

 

É possível, ainda, verificar algumas explanações sobre regência em sites variados na internet, porém a riqueza de conteúdo concentrada em apenas dois volumes não será encontrada em nenhum outro lugar. Acreditem, esses dicionários de regência do Celso Luft são joias preciosas.

 

Entendi. Em quais matérias do CACD eu usaria esses dicionários?

 

Para sermos bem sinceros, em todas em você faça o uso da língua portuguesa. Na primeira fase do Concurso de Admissão à Carreira Diplomática, o uso da regência fica mais restrito às questões de Português – que foram 10, dentre um total de 73, na última prova de 2018. Nessa fase objetiva, encontramos questões de interpretação e de gramática, e o uso da regência nos ajuda a compreender melhor os textos e a acertar os itens gramaticais – estes, na maior parte das vezes, a gente nem precisa voltar no texto para poder marcar.

 

Já na segunda e terceira fase, as fases dissertativas – com exceção das provas de inglês, francês e espanhol – o uso correto da regência fará com que seu texto fique mais bem escrito, ganhando pontos, assim, na apresentação final de seu exercício. Em relação à prova dissertativa de Português, o uso correto da regência – assim como dos demais itens gramaticais – é cobrado e marcado, quando a banca avalia a correção gramatical e propriedade da linguagem de seu texto. E, nesse quesito, caros Sapientes, a marcação vale metade dos pontos de cada exercício. Partiu estudar gramática?

 

Onde encontro mais dicas de Português para o CACD?

 

Aqui no Sapientia você encontrará as melhores dicas de estudo para a Língua Portuguesa no nosso Curso Regular Extensivo, o qual acabou de iniciar com uma turma novinha em folha. São aulas 100% inéditas, com plantão de dúvidas diretamente com o professor e materiais em PDF. Fora o corpo docente do Sapientia que é reconhecidíssimo no mercado. E aí, interessou?

 

>>> Conheça mais sobre o nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima sugestão de leitura!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-sugestao-de-leitura-para-o-cacd-dicionarios-de-regencia

ARTIGOS RELACIONADOS