Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Sugestão de Leitura

Sugestão de leitura para o CACD: Minha Formação

Sugestão de leitura para o CACD: Minha Formação

Conteúdo postado em 23/05/2019

Olá, Sapientes!

 

Hoje a gente vem trazer uma dica de livro, lançado há 119 anos, que faz uma conexão entre História do Brasil e Literatura. Sim, estamos falando da autobiografia de Joaquim Nabuco, intitulada Minha Formação. Já ouviram falar? Provavelmente, não é? Mas, talvez, ainda não tenham tido a chance de lê-lo, correto? Tudo bem. Quem sabe a gente não consegue instigar sua leitura com alguns fatos curiosos sobre essa obra? Então, vamos lá!

 

Vocês devem se lembrar de Joaquim Nabuco nas aulas de História do Brasil, pois ele foi importante político e abolicionista na época do Segundo Reinado, tendo, ainda, atuado, de forma destacada, na transição para o Período Republicano. Nabuco também exerceu a função de diplomata em grandes postos brasileiros como o de Londres e o de Washington. Trata-se, portanto, de um autor cujas obras podem agregar muito valor à nossa bagagem de clássicos literários.

 

Em Minha Formação, Nabuco conta como se deu sua formação intelectual, desde os tempos de colégio até sua carreira como político defensor da abolição da escravatura. Ele também conta detalhes de suas viagens ao exterior, para países como a Inglaterra, os Estados Unidos e a França, e revela como essas culturas influenciaram sua visão de mundo. Nabuco ainda coloca-nos à par de seu contato com personalidades da época, como filósofos, escritores e até um Papa. Vale a pena dar uma conferida, não acham?

 

Para adquiri-la é realmente muito fácil, pois, por se tratar de uma obra secular, é possível encontrá-la em sebos físicos e virtuais, ou, até mesmo, em uma nova edição nas várias livrarias existentes. E, se optarem pela versão digital, a obra já se encontra como domínio público, sendo disponibilizada no próprio acervo do governo. Que tal reservar trinta minutinhos por dia para desfrutar o conteúdo de mais um clássico?

 

Mas em que matéria do concurso esse livro se encaixa?

 

No edital para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) não existe a matéria Literatura e, sim, a de Língua Portuguesa. Na primeira fase do certame, a fase objetiva, o enfoque é maior em gramática e interpretação de texto. Já na segunda fase, a qual é dissertativa, além de uma redação sobre tema geral, serão propostos dois exercícios de interpretação e análise de textos. A Literatura vai permear esses exercícios de interpretação, pois você correrá o “risco” de ter lido o trecho da obra referenciada, bem como ampliará sua bagagem cultural para fazer um eventual diálogo entre obras, caso seja possível.

 

A dica é: não é necessário ler obras literárias durante seu tempo de estudos regular. Deixe para fazer essa leitura antes de ir deitar-se. Se, todo dia, você ler um pouquinho, conseguirá finalizar várias obras, sem tomar muito o seu tempo. E, de quebra, seus sonhos podem ficar mais culturais. O que acha?

 

E, agora, por onde começar a estudar para o CACD?

 

Fiquem tranquilos, pois vocês estão no lugar certo. Aqui no Sapientia, o Curso Regular Extensivo (CRE) é ideal para quem quer explicações detalhadas sobre todos os pontos do edital. A turma do CRE começou há pouco tempo e ainda dá pra aproveitar seu conteúdo sem desesperos. Assim, você terá todo o apoio necessário, com aulas online 100% inéditas, plantão de dúvidas diretamente com o professor e materiais em PDF. Fora o corpo docente do Sapientia que é reconhecidíssimo no mercado. Quem vem com a gente?

 

>>> Conheça mais sobre o nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima sugestão de leitura!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-brexit-sair-ou-nao-sair-eis-a-questao

ARTIGOS RELACIONADOS