Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Atualidades

Unasul X Prosul

Unasul X Prosul

Conteúdo postado em 02/04/2019

Olá, Sapientes!

 

Semana passada, mais especificamente dia 22 de março, ocorreu, em Santiago, no Chile, um encontro entre representantes dos países pertencentes à América do Sul, vocês acompanharam? Pois bem, essa reunião teve como intuito o início de um diálogo para a criação do Foro para o Progresso da América do Sul, o Prosul, que pretende vir em substituição à então vigente Unasul (União de Nações Sul-Americanas).

 

Vocês se lembram que a Unasul foi criada em 2008, tendo como um de seus grandes objetivos o estabelecimento de um mercado comum que unisse as duas grandes coalizões aduaneiras da região: o Mercosul (Mercado Comum do Sul) e a CAN (Comunidade Andina)? Bem, um dos problemas apontados por determinadas autoridades presentes na reunião da semana passada foi o processo de esvaziamento que a Unasul vinha sofrendo, sem novas ações concretas nos últimos tempos.

 

Nesse sentido, o Prosul teria como propósito uma coordenação mais ativa entre os países sul-americanos e um processo decisório menos burocrático, já que não tenderia a seguir a dinâmica de votação unânime para que medidas fossem implementadas. O fórum defenderia, ainda, um diálogo democrático, não ideológico e em respeito à preservação dos direitos humanos.

 

Estiveram presentes no encontro os presidentes da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru, bem como representantes da Bolívia, Guiana, Uruguai e Suriname. A Venezuela não foi convidada para a reunião, tendo em vista, segundo a organização do fórum, a situação antidemocrática em que se encontra, sob a presidência de Nicolás Maduro.


Ao final do encontro, os presidentes mencionados assinaram a Declaração de Santiago, afirmando uma pretensão em cooperarem em temas de defesa, energia, infraestrutura, entre outros. Os representantes de Bolívia, Uruguai e Suriname não assinaram, porém se farão presentes como observadores nos próximos diálogos que o fórum promover. O embaixador da Guiana já formalizou a adesão de seu país ao novo movimento de integração.

 

A integração Sul-Americana é assunto do edital do concurso para diplomata?

 

Com certeza. O tema é abordado pelo item 3, de Política Internacional, sobre a relação entre “o Brasil e a América do Sul”, constante no último edital de abertura do Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD) em 2018. Nesse sentido, é fundamental que acompanhemos os desdobramentos e o posicionamento da chancelaria brasileira em relação a esse novo movimento de integração regional, bem como as eventuais consequências de suas ações no cenário internacional.

 

Para isso, o Sapientia oferece todo o apoio que você precisa em seus estudos. As aulas do curso regular extensivo de Política Internacional – que começaram há pouco tempo – englobam temas como a política externa brasileira, as teorias de relações internacionais, as relações do Brasil com diversos atores do cenário mundial, os temas da agenda internacional e as atualidades referentes ao edital.

 

Quer fazer parte dessa nova turma? Então saiba que as aulas são 100% inéditas, com plantão de dúvidas diretamente com o professor e material disponibilizado em PDF. Não dá pra perder, né?

 

>>> Vem com a gente para conhecer mais sobre nosso curso regular aqui.

 

Até a próxima!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-unasul-x-prosul

ARTIGOS RELACIONADOS