Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Atualidades

Atualizações sobre a Unasul e o Conselho de Defesa Sul-Americano

Atualizações sobre a Unasul e o Conselho de Defesa Sul-Americano

Conteúdo postado em 12/08/2020

Olá, sapientes!

 

O Conselho de Defesa Sul-Americano (CDS) surgiu como um órgão subordinado à UNASUL (União de Nações Sul-Americanas) para se tornar o primeiro organismo de defesa exclusivamente da América do Sul. E apesar das vantagens geopolíticas que o CDS poderia apresentar, o conselho sofre uma grave crise como consequência da crise iniciada na Unasul. Vamos entender o desenrolar dessa questão?

 

O objetivo do CDS

 

O objetivo central do CDS sempre foi possibilitar o melhor intercâmbio de informações e a cooperação em matéria de defesa. Esse organismo da Unasul foi um marco para a auto-afirmação da região sul-americana, pois se configurou como uma instituição que exclui a potência norte-americana, permitindo uma maior definição dos interesses dos países da região e diminuindo a importância de tratados de defesa mais abrangentes, como o Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR) e da Junta Interamericana de Defesa (JID), para os países sul-americanos.

 

As deliberações para a criação do Conselho

 

As primeiras deliberações para a criação de um conselho de defesa para a região começaram em 2003, durante a Primeira Reunião de Ministros da Defesa Sul-Americanos, organizada por iniciativa do governo brasileiro. No entanto, foi só em 2008 que o  (CDS) saiu do papel. Por cerca de uma década, o CDS contribuiu fortemente para a região atuando em três vertentes: na redução das desconfianças e rivalidade entre seus membros, a partir da construção de maior transparência; no combate de crimes transnacionais, principalmente relacionados com o tráfico de drogas; e na soberania regional em termos de segurança.

 

Mudanças no Organismo

 

A respeito da importância geopolítica para a região, o organismo está sofrendo com uma paralisação e com incertezas. Segundo a EBC, o Brasil deixou oficialmente a Unasul para fazer parte do Prosul, o Foro para o Progresso da América do Sul. Consequentemente, já se pode considerar que o Brasil não faz mais parte do CDS nem nenhum outro instrumento da Unasul. 

 

Desde 2018, os governos do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru (a metade dos integrantes da Unasul) haviam decidido em conjunto pela suspensão por tempo indeterminado de suas participações na Unasul. O estopim para a crise na Unasul foi causado pelo organismo não ter conseguido indicar um sucessor ao cargo de secretário-geral desde 2017. 

 

Se quiser entender um pouco mais sobre a crise no CDS, clique aqui e confira um artigo do Blog Sapi explicando alguns motivos políticos para a desestruturação de uma organização tão importante para a América do Sul.

 

Ser diplomata está em seus planos?

 

Para você que está começando agora sua preparação para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia desenvolveu a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa completo pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento para te auxiliar a atingir um ótimo resultado no Concurso da Diplomacia. Curtiu a ideia?

 

 >>> Conheça mais sobre nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS