Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Dicionário de Economia para o CACD

Dicionário de Economia para o CACD: Cobertura por senhoriagem e Efeito Oliveira-Tanzi

Dicionário de Economia para o CACD: Cobertura por senhoriagem e Efeito Oliveira-Tanzi

Conteúdo postado em 21/06/2021

Olá, sapientes!

 

O termo "cobertura por senhoriagem" vive aparecendo nos jornais de análise porque representa questões importantes para a política e para a macroeconomia. Sendo assim, o Blog Sapi vai mostrar que ele não é nenhum bicho de sete cabeças. 

 

O que todos precisam ter em mente é que, quando os jornais falam em "cobertura por senhoriagem" ou só "senhoriagem", eles estão se referindo a uma velha estratégia dos governos de imprimir moeda para pagar dívidas. O que, na maioria dos casos, não é uma decisão muito eficiente… O problema de imprimir dinheiro discricionariamente está, como muitos já sabem, na intensificação da inflação na economia. 

 

Mas, e se a gente disser que altas taxas de inflação descontroladamente crescentes podem até ser positivas para o governo, você acreditaria? Pois isso é verdade!

 

Efeito Oilveira-Tanzi

 

Normalmente, o que acontece é uma perda de receita do governo devido à desvalorização causada pela inflação, aumentando, assim, o déficit público e a pressão por financiamento do governo por todas as vias possíveis, inclusive a da senhoriagem. Esse é o conhecido efeito Oliveira-Tanzi, no qual os consumidores acabam reagindo demandando cada vez menos moeda como uma forma de reduzir a “carga tributária” implícita no imposto inflacionário, o que também diminui a senhoriagem arrecadada e pressiona ainda mais para o aumento do emissionismo do governo, gerando um ciclo vicioso que pode levar a uma hiperinflação, como a que ocorre hoje na Argentina e na Venezuela.

 

Efeito Tanzi às avessas

 

Porém, o contrário também é bem comum. Nesse caso, ocorre o efeito Tanzi às avessas, no qual o governo usa uma estratégia para ganhar com a inflação. Esse efeito é resultado de duas decisões combinadas: a primeira é fixar os gastos do governo em termos nominais, ou seja, as dívidas do governo serão pagas com base na inflação do momento em que foram formalizadas e não serão reajustadas com a inflação futura. A outra decisão é de indexar as receitas, o que significa dizer que os ganhos do governo terão seus valores atualizados com o crescimento da inflação. A conclusão disso é um déficit público que é corroído pela inflação e um ganho maior de receita do que se não houvesse inflação. 

 

Quer se tornar um diplomata, mas não sabe por onde começar?

 

Para auxiliar você que está começando os preparos para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) mas ainda não sabe qual é o curso mais indicado para o que você precisa, o Sapientia oferece uma Orientação Pedagógica Individual 100% à distância e gratuita. Quer saber como ela funciona? É simples! Com base em uma análise do seu perfil, o time de cuidados do Curso Sapientia esclarece suas dúvidas sobre planejamento para o Concurso do Itamaraty e indica o programa de estudos que melhor se encaixa nas suas necessidades. 

 

 

 >>> Saiba mais sobre a nossa orientação 100% gratuita clicando aqui.

 

 

Bons estudos!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS