Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Dicionário de Economia para o CACD

Dicionário de economia para o CACD: “Curva de Phillips”.

Dicionário de economia para o CACD: “Curva de Phillips”.

Conteúdo postado em 31/08/2020

Olá, sapientes!

 

Mais uma editoria do Blog Sapi saindo quentinha do forno, pensando justamente em ajudar nossos ceacedistas que reclamam dos estudos de economia. Pois bem, o Blog Sapi, que já vinha traduzindo a linguagem jurídica, resolveu traduzir também a linguagem da economia. Vamos lá? 

 

A curva de Phillips

 

A gente vai inaugurar essa nova editoria falando da curva de Phillips! Esse clássico da economia (que já apareceu algumas vezes no CACD) define que a inflação e o desemprego tendem a relacionar-se de maneira inversa. Assim, em um contexto de maior desemprego, há menor consumo, levando, normalmente, a uma queda na inflação. Da mesma forma, quando uma economia está próxima do pleno emprego, ou seja, quando todos os fatores de produção, incluindo o trabalho, a energia elétrica, insumos, entre outros, são empregados em um nível que “não deixa espaço para estoque” (o trabalhador que não está trabalhando é porque não deseja trabalhar ou está em transição para outro emprego), neste caso a inflação tende a subir, porque os trabalhadores, além de consumir mais, também costumam demandar melhores salários e condições de trabalho.

 

Dessa forma, os bancos centrais dos países desenvolvidos normalmente estabelecem o objetivo de manter a taxa de inflação por volta de 2%, alta o suficiente para pressionar a demanda e os preços para um nível controlável, mas sem afetar as expectativas do mercado financeiro nem gerar desvalorização exagerada da moeda.

 

Economistas como Milton Friedman, defendem que há alguns outros fatores que interferem na curva de Phillips e impedem que a relação inversa inflação-desemprego ocorra. Um desses fatores é o preço dos produtos importados, que é definido pelo mercado internacional e não pelo desemprego ou a inflação interna dos países. Outro importante fator é a expectativa, que é o principal regulador da inflação, independentemente da taxa de desemprego. No Brasil dos anos 1980, por exemplo, uma das causa para o fiasco dos planos de combate à inflação foi exatamente a expectativa do população em geral de manutenção do alto nível de inflação. Os preços eram reajustados constantemente com base nessa expectativa, alimentando um ciclo de “profecias autorrealizáveis”. 

 

Ser diplomata está em seus planos?

 

Para você que está começando agora sua preparação para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia desenvolveu a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa completo pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento para te auxiliar a atingir um ótimo resultado no Concurso da Diplomacia. Curtiu a ideia?

 

 >>> Conheça mais sobre nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS