Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Já ouviu falar do Programa de Bolsistas Estrangeiros no Instituto Rio Branco?

Já ouviu falar do Programa de Bolsistas Estrangeiros no Instituto Rio Branco?

Olá, Sapientes!

 

O post do dia traz um assunto digno de nos fazer imaginar como será nossa vida após sermos aprovados no Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD). Em artigo anterior, já falamos um pouquinho sobre os cursos oferecidos pelos Instituto Rio Branco e, hoje, nós vamos entender como funciona esse programa de intercâmbio para que diplomatas estrangeiros estudem no Brasil. Curiosos? Vamos lá!

 

Quando os recém-aprovados no CACD ingressam na carreira diplomática, eles são matriculados no Curso de Formação de Diplomatas, para que, durante o período de um ano e meio, conforme os moldes atuais, possam ser capacitados para atuarem no cargo inicial de sua nova carreira, o de Terceiro-Secretário. Pois bem, ao longo desse curso, além dos recém-nomeados, a turma conta com a presença de diplomatas advindos de outros países, os quais permanecerão no Instituto pelo mesmo período, frequentando as mesmas disciplinas oferecidas. Superinteressante, né?

 

O Instituto Rio Branco tem a tradição de receber diplomatas estrangeiros desde 1976. Por se tratar de uma academia diplomática, o Instituto firma acordos de cooperação internacional com outras escolas diplomáticas para que as mesmas possam enviar seus servidores conforme a disponibilidade de bolsas. E, por falar nisso, o próprio Instituto Rio Branco menciona que a demanda por parcerias com academias diplomáticas estrangeiras manteve-se superior à capacidade de oferta nos últimos anos, o que mostra o prestígio do Instituto diante do cenário internacional.

 

De acordo com as informações do Instituto, metade dos bolsistas estrangeiros que integram o programa é originária de países de língua portuguesa. Quando não o são, além de frequentarem as aulas e palestras do Curso de Formação, os alunos estrangeiros, também, fazem aulas de língua portuguesa. Já a disciplina de leituras brasileiras é oferecida para todos os participantes de outros países, para que possam estreitar seu contato com a cultura do Brasil.

 

Segundo o Instituto Rio Branco, os países que mais enviaram estudantes diplomatas para o Brasil foram: Argentina (27), Cabo Verde (20), Guiné Bissau (20), São Tomé e Príncipe (19), Suriname (14), Bolívia (14), Angola (11), Haiti (9), Timor Leste (8), Moçambique (8), Gabão (7), Costa do Marfim (6) e Equador (6). Imaginem só que troca cultural maravilhosa que deve acontecer ao longo de três semestres de curso, não é mesmo?

 

Você está se preparando para a CACD 2019?

 

Então, temos ótimas notícias! O Sapientia acaba de lançar o Maratona 1ª Etapa 2019, para fazer uma super-revisão verdadeiramente eficiente nesta reta final de preparação para o CACD. Sabe aquela arrancada no finzinho de uma longa corrida? É exatamente essa a proposta do Maratona. Serão 9 módulos, com direito a aulas teóricas e listas de questões objetivas, abrangendo absolutamente tudo o que você precisa saber para a primeira etapa do CACD. E, ainda, você terá uma garantia incondicional de atualização, o que significa que, caso o edital de 2019 traga itens inéditos em seu conteúdo programático, não haverá nenhuma cobrança adicional para cobrir esses tópicos. Sensacional, né? E aí, curtiu? Então, vem com a gente!

 

>>> Saiba mais sobre o Maratona 1º Etapa 2019 clicando aqui.

 

Até a próxima!

ARTIGOS RELACIONADOS