Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Fatos Históricos

126 anos da primeira eleição direta para presidente do Brasil

126 anos da primeira eleição direta para presidente do Brasil

Conteúdo postado em 21/10/2020

Olá, sapientes!

 

O tema das eleições e suas transformações ao longo da história brasileira é importantíssimo para se entender o momento histórico e o contexto político dessa data. Assim, essa semana o Blog Sapi vai comemorar os 126 anos das primeiras eleições diretas para presidente do Brasil republicano. Vem com a gente!

 

Primeira eleição direta para presidente

 

No dia 1º de março de 1894, foi realizada a primeira eleição direta para presidente da República, na qual foram eleitos o paulista Prudente de Morais, para presidente, e o baiano Manuel Vitorino, como vice. Segundo o arquivo do TSE, dos 15 milhões de brasileiros, somente 351 mil eleitores foram às urnas naquele ano devido às restrições impostas na Constituição de 1891. 

 

Boa parte da população foi excluída da eleição

 

Apenas cerca de 2% da população teve direito ao voto, já que somente brasileiros maiores de 21 anos eram considerados “cidadãos” (no sentido moderno, de possuidor de direitos políticos). Além disso, a Constituição de 1891 excluia, também, a participação de mendigos, analfabetos, praças das Forças Armadas e religiosos. A lei não proibia explicitamente a participação das mulheres, mas o voto feminino era socialmente visto como ilegítimo até 1932, quando o Código Eleitoral Brasileiro e a Justiça Eleitoral foram criados,  garantindo por lei que as mulheres poderiam votar.

 

Desde então, houve apenas dois períodos nos quais os brasileiros não puderam eleger diretamente os presidentes da República, o primeiro durante a Era Vargas (de 1930 a 1945) e o segundo durante o regime militar (1964 a 1985), até as eleições de 1989.

 

Ser diplomata está em seus planos?


Para você que está começando agora sua preparação para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia desenvolveu a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa completo pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento para te auxiliar a atingir um ótimo resultado no Concurso da Diplomacia. Curtiu a ideia?

 

 >>> Conheça mais sobre nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS