Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

As áreas temáticas do Itamaraty: Américas

As áreas temáticas do Itamaraty: Américas

Olá, Sapientes!

 

Tem horas que a gente se concentra tanto nos estudos para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) que tudo o que pensamos gira em torno de como compreender e memorizar todo o conteúdo do edital e, consequentemente, de como apurar nossas habilidades quando precisamos resolver questões, não é mesmo? No entanto, se tem uma coisa que costuma dar aquele gás a mais, especialmente nos momentos em que estamos diante de um conteúdo difícil, é nos imaginarmos em nosso futuro posto dentro do Itamaraty.

 

Pensando nessa dose de motivação extra, a partir de hoje, traremos alguns posts para explicar um pouquinho mais sobre as queridinhas áreas temáticas do Ministério das Relações Exteriores, ou seja, as secretarias, departamentos e divisões que tratam sobre regiões específicas do mundo e que costumam ser a opção mais cobiçada na escolha do primeiro posto em Brasília. E aí, gostaram? Então, vamos à primeira delas.

 

De acordo com a nova estrutura regimental, aprovada pelo Decreto nº. 9683/2019, as áreas temáticas encontram-se classificadas como “órgãos de assessoria ao Secretário-Geral”. A primeira que abordaremos hoje é denominada Secretaria de Negociações Bilaterais e Regionais nas Américas, a qual é composta pelos seguintes departamentos:

 

  1. Departamento de Estados Unidos da América;
  2. Departamento de México, Canadá, América Central e Caribe;
  3. Departamento de América do Sul; e
  4. Departamento de Mercosul e Integração Regional.

 

De acordo com o Decreto que mencionamos, é função da Secretaria de Negociações Bilaterais e Regionais nas Américas “assessorar o Secretário-Geral das Relações Exteriores em relação às questões de natureza política e econômica nas Américas, inclusive no tocante aos temas afetos à integração regional e em foros multilaterais regionais”.

 

Indo mais especificamente ao que compete cada um dos departamentos da área das Américas, o Decreto explicita que cabe ao Departamento de Estados Unidos da América “propor diretrizes para a política externa do Brasil com os Estados Unidos da América, coordenar e acompanhar as relações bilaterais e as iniciativas de cooperação com aquele país”.

 

Já em relação ao Departamento de México, Canadá, América Central e Caribe, “compete coordenar e acompanhar as relações bilaterais com o México, com o Canadá e com os países da América Central e Caribe”.

 

Ao Departamento de América do Sul, são reservadas duas funções: “coordenar e acompanhar as relações bilaterais com os países de sua respectiva área geográfica” e “coordenar e acompanhar as atividades dos órgãos da bacia da Prata e da Hidrovia Paraná-Paraguai”.

 

Para o Departamento de Mercosul e Integração Regional, o Decreto traz, ao todo, quatro papéis bem distintos: “coordenar e acompanhar o desenvolvimento do processo de integração no âmbito do Mercosul”, “acompanhar as questões relativas à Associação Latino-Americana de Integração -ALADI e às relações econômico-comerciais do Brasil e do Mercosul com países e mecanismos de integração das Américas do Sul, Central e do Caribe, e com o México”, “acompanhar as atividades da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica” e “propor diretrizes para a política externa do Brasil com a Cúpula das Américas e outros eventos, processos e foros da agenda interamericana, e coordenar e acompanhar a participação brasileira em tais iniciativas”.

 

Ufa, é muito mais que a gente imagina inicialmente, vocês não acham? E aí, quem já está se sentindo com um pezinho lá dentro e pronto pra botar a mão na massa? Então, ótimos estudos a todos!

 

Ser diplomata é o seu objetivo de vida?

 

Então não perca a oportunidade de estudar com a gente. Se você está começando seus estudos para o CACD agora, o Sapientia acaba de abrir novas turmas para o Curso Regular Extensivo (CRE), com orientações passo a passo acerca de todo o conteúdo necessário a ser estudado e a bibliografia indicada para cada item do edital. Sem contar que as aulas são on-line e 100% inéditas, com plantão de dúvidas diretamente com nosso time de experts e material em PDF disponibilizado aos alunos. Curtiu? Então, vem com a gente!

 

>>> Saiba mais sobre o nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

as-areas-tematicas-do-itamaraty-americas

ARTIGOS RELACIONADOS