Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

As áreas temáticas do Itamaraty: Ásia, Oceania e Rússia

As áreas temáticas do Itamaraty: Ásia, Oceania e Rússia

Olá, Sapientes!

 

Hoje é o terceiro e último dia de nossa série sobre as áreas temáticas do Itamaraty, ou seja, aquelas áreas do Ministério das Relações Exteriores que abrangem trabalhos diretamente relacionados a regiões específicas do mundo e que costumam ser uma das opções mais queridinhas de quem foi aprovado no Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) e está escolhendo seu primeiro posto em Brasília.

 

No primeiro post da série, nós conversamos a respeito da área das Américas e, na semana seguinte, foi a vez da área que envolvia a África, a Europa e o Oriente Médio. Então, caso não tenham acompanhado essas publicações, não deixem de dar aquela conferida básica para ficarem por dentro desse tema, combinado?

 

Muito bem, as áreas temáticas de hoje são aquelas pelas quais a Secretaria de Negociações Bilaterais na Ásia, Oceania e Rússia é responsável. Pelo denominação da Secretaria, podemos observar que esse órgão abriga uma região bem vasta de nosso planeta e suas subáreas, de acordo com o Decreto nº. 9683/2019, são assim divididas atualmente:

 

  1. Departamento de China;
  2. Departamento de Índia e Ásia Meridional;
  3. Departamento de Rússia e Ásia Central; e
  4. Departamento de Japão e Pacífico;

 

A nova estrutura regimental, definida pelo Decreto que mencionamos, estabelece que é função dessa grande área temática “assessorar o Secretário-Geral das Relações Exteriores nas questões de política externa com a Rússia e com os países ou o conjunto de países da Ásia e da Oceania, e no tocante à participação do Brasil nos mecanismos inter-regionais afetos a sua esfera de competência”.

 

Nesse sentido, o Departamento de China é incumbido de “propor diretrizes para a política externa do Brasil com China, coordenar e acompanhar as relações bilaterais e as iniciativas de cooperação com aquele país”. Percebam que, embora não haja menção desse país na nomenclatura da Secretaria, existe, na estrutura do MRE, um Departamento exclusivo para tratar de assuntos sobre esse país. Isso já é indicativo suficiente a respeito da importância desse país para o Brasil, vocês não acham?

 

Já o Departamento de Índia e Ásia Meridional, de acordo com o Decreto, é responsável por “coordenar e acompanhar a política externa do Brasil com a Índia e com cada país ou conjunto de países de sua respectiva área geográfica”. Novamente, vemos que existe um grande destaque para um país específico dentro de uma parte definida no continente asiático, o que nos mostra que devemos ficar muito espertos com tudo o que acontece nesse país, não é mesmo?

 

O Decreto também estabelece o papel do Departamento de Rússia e Ásia Central que é o de “coordenar e acompanhar a política externa do Brasil com a Rússia e com cada país ou conjunto de países de sua respectiva área geográfica”. A Rússia já era destacada na nomenclatura da Secretaria e, mais uma vez, apareceu como destaque dessa área específica do continente asiático. Mais um país para a lista de mais importantes daquela região, certo?

 

Por último, o Departamento de Japão e Pacífico tem o papel de “coordenar e acompanhar a política externa do Brasil com o Japão e com cada país ou conjunto de países de sua respectiva área geográfica”, a qual engloba os demais países da Ásia e da Oceania. Assim como nos casos da China e da Índia, há mais um destaque para um país de grande importância para o Brasil: o Japão. Partiu separar uma aba específica do blocos de anotações para cada um desses países, não é verdade?

 

Ser diplomata está em seus planos?

 

Se você está começando agora sua preparação para o concurso do Itamaraty, o Sapientia acaba de abrir uma turma novinha para o Programa Primeiros Passos, que vai te ajudar a traçar a melhor estratégia de estudos para o concurso e sistematizar seu planejamento. Trata-se de um treinamento 100% on-line, desenvolvido sob medida para quem precisa de orientações básicas para engatar de vez seus estudos para o CACD. E isso vale, também, para aqueles que já iniciaram sua preparação e estão precisando de uma forcinha extra para atualizar suas estratégias. E aí, curtiu?

 

>>> Conheça mais sobre o Programa Primeiros Passos clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

as-areas-tematicas-do-itamaraty-asia-oceania-e-russia

ARTIGOS RELACIONADOS