Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Dicionário de Economia para o CACD

Dicionário de economia para o CACD: Imposto de Pigou.

Dicionário de economia para o CACD: Imposto de Pigou.

Conteúdo postado em 19/10/2020

Olá, sapientes!

 

Já ouviram falar em imposto de Pigou? Esse tipo de imposto foi pensado pelo economista inglês formado pela Universidade de Cambridge, Arthur Cecil Pigou (daí o nome), para servir como uma estratégia para solucionar efeitos negativos que uma produção de bens ou serviços possa causar na sociedade. Querem entender como o imposto de Pigou funciona? Pois vamos nessa!

 

Como esse imposto funciona?

 

Com o objetivo central de combater externalidades negativas, isto é, tentar diminuir os efeitos colaterais que uma produção esteja causando na sociedade, o imposto de Pigou impõe uma taxa, que pode tanto pressionar a diminuição da quantidade da produção ao elevar os custos, diminuir o consumo ao elevar os preços ou angariar fundos para sanar a externalidade negativa.

 

Por exemplo, em uma cidade que tem problemas constantes de engarrafamento, mas que a população em geral não tem o costume de aproveitar bem os modais de transporte coletivo, o imposto de Pigou pode ser usado para taxar a produção de carros particulares ou o preço da gasolina na tentativa de influenciar a diminuição do consumo desse bem e aumentar a utilização de transporte coletivo. 

 

Assim, o imposto de Pigou funciona de forma bem diferente da maioria dos demais impostos, que visam primeiramente a arrecadação do Estado. Nesse imposto, tanto a produção quanto o bem final podem ser taxados, a fim de reduzir os efeitos negativos que estejam causando.

 

Primeiras impressões

 

Apesar de ser entendido hoje como uma forma simples de solucionar conflitos de interesses, no período em que foi proposto, o imposto de Pigou foi amplamente rejeitado pela maioria neoclassicista dos economistas, até porque eram contra qualquer intervenção do Estado na economia, pois acreditavam que alterações no equilíbrio natural da economia poderiam causar falhas de mercado.

 

Ser diplomata está em seus planos?

 

Para você que está começando agora sua preparação para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia desenvolveu a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa completo pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento para te auxiliar a atingir um ótimo resultado no Concurso da Diplomacia. Curtiu a ideia?

 

 >>> Conheça mais sobre nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS