Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Dicionário de Sociologia para o CACD

Dicionário de sociologia para o CACD: Economia laxista

Dicionário de sociologia para o CACD: Economia laxista

Conteúdo postado em 21/01/2022

Olá, sapientes!

 

O termo “economia laxista” era usualmente empregado para criticar as economias de países árabes exportadores de petróleo. Os cidadãos de vários desses países viram suas economias florescerem com base no petróleo, mas sem desenvolvimento das instituições democráticas, mas, em compensação, têm usualmente uma carga horária de trabalho menor, são isentos de impostos e têm suas necessidades básicas garantidas pelo Estado, restando aos imigrantes o trabalho pesado. Nessas economias, há poucos incentivos a investimentos produtivos não relacionados com o petróleo e há, menos ainda, regras que limitem as decisões e gastos da administração pública. Consequentemente, as grandes riquezas acumuladas com a exportação do petróleo não são convertidas em crescimento, mas são diluídas pelo grande peso dos gastos do governo.

 

Sendo assim, laxismo, por definição, é o excesso de tolerância ou tendência de suavizar regras. Já deu para entender pelo exemplo acima que o laxismo pode ser usado para definir o descomedimento dos gastos públicos sem uma finalidade clara. Mas, cuidado ao ler colunas e blogs de economistas! Liberais podem usar esse termo para criticar políticas Keynesianas, mas, no final, uma política expansionista não é necessariamente laxista e, pode sim, a depender do contexto, proporcionar bons frutos. 

 

O problema está quando os fundos públicos são usados para conseguir apenas a aprovação popular… Quando isso acontece, o governo perde o que ele tem de mais precioso na formulação de qualquer tipo de política econômica: a confiança. Quando há desconfiança o setor privado recolhe-se por medo de perdas de capital. É por isso (dentre outros motivos, é claro) que aquelas mesmas economias médio-orientais de que já falamos têm tanta dificuldade para transicionar para outras bases econômicas para além do petróleo. Quem vai confiar seu dinheirinho suado a um governo que faz o que “der na telha”, não é mesmo?

 

Ainda assim, esse relaxamento das normas e da segurança não é coisa só de governos autoritários. O laxismo também pode ser apontado como uma das causas da crise de 2008, já que ignorar normas basilares do setor bancário e do mercado financeiro e de capitais levou à quebra do Lehman Brothers.

 

Na atualidade, os economistas começam a alertar sobre os riscos do exagero no laxismo e no salvacionismo dos governos. A fim de salvar os investimentos e combater a pandemia, os governos em todo o mundo assumiram medidas para aumentar a liquidez por meio de diversas políticas de estímulo.  Os bancos dos países desenvolvidos passaram a reduzir as taxas básicas de juros para suas mínimas históricas e o endividamento público é crescente em todo o mundo. 

 

O que resta agora é ver no que tudo isso vai levar, né?

 

E como eu me preparo para o CACD?


Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia desenvolveu a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Até a próxima!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS