Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Existe um limite para nossa capacidade de estudo diário para o CACD?

Existe um limite para nossa capacidade de estudo diário para o CACD?

Olá, Sapientes!

 

O nosso papo de hoje traz um assunto que muitos de nós já nos perguntamos a respeito: será que existe um limite de horas diárias que o nosso cérebro aguenta estudar para o Concurso de Diplomatas (CACD)? E será que é verdade que, a partir de um determinado momento, nosso cérebro deixa de assimilar o conteúdo estudado? Bem, a resposta é positiva para ambos os questionamentos, mas é preciso que a gente compreenda o raciocínio por trás desse tema. Vamos lá?

 

A primeira coisa que devemos deixar clara é que nosso cérebro possui, sim, um limite de exaustão. E, aqui, a analogia com os músculos de nosso corpo nos esclarece, ainda mais, sobre o nosso funcionamento cerebral. Imaginem a seguinte situação: estamos, há muito tempo, sem praticar uma atividade física e decidimos que é hora de “mexer o esqueleto”. Será que adianta malharmos 8 horas, no primeiro dia, e passarmos o resto da semana nos arrastando feito zumbis? Qual o ganho de massa muscular que obteremos se adotarmos esse ritmo? Provavelmente não muito, não é mesmo?

 

Situação semelhante ocorre com o nosso cérebro. De nada adianta forçarmos nossas conexões neurais se não temos o hábito de passar, horas a fio, debruçados sobre os livros. Dizemos isso porque, ao atingirmos nosso limite individual de estudo, o cérebro passa, a partir daí, a entender que o conteúdo introduzido é redundante e, de modo subconsciente, parte do que estamos assimilando é, simplesmente, descartado. Ou seja, dedicamos nosso tempo e energia à toa.

 

Assim como na atividade física, devemos começar a ler, assistir aulas e fazer exercícios com parcimônia, para que o cérebro adquira esse hábito aos poucos. Com o passar do tempo, a prática se tornará mais automática e o estudo não exigirá tanto de nossa energia como no começo. E graças ao que se chama de neuroplasticidade estrutural, quanto mais nós aprendemos, mais desenvolvemos o nosso cérebro. Isso significa que a prática do estudo, mesmo que começando lentamente, aumentará a massa cinzenta relativa ao armazenamento de informações, tornando as conexões neurais ainda mais intensas. Não é demais? Então, caros Sapientes, nada de overtraining cerebral, combinado?

 

Inscrições encerradas para a prova do CACD 2019. É hora de revisar!

 

Com a prova do Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) se aproximando, toda ajuda para lembrar do conteúdo estudado é muito bem-vinda, você não acha? E é pensando nisso, que, todo ano, o Sapi traz o evento mais crucial para quem está prestes a realizar uma prova que testa tantos conhecimentos acerca de matérias tão variadas. Estamos falando do Hora H, um evento presencial, que terá sua transmissão online gravada, para que possamos relembrar os conceitos mais importantes e receber os insights mais quentes para a 1ª Fase do CACD. Serão só dicas boas que poderão, certamente, contribuir com seu desempenho na hora da prova.

 

O 2º lote para participação no Hora H já está no finalzinho e você poderá escolher entre a modalidade presencial – limitada a apenas 20 vagas – ou a modalidade online, com a possibilidade de assistir a todas as gravações até o dia da prova. E mais, parte do valor arrecadado para o Hora H será revertida para a Casa Gota de Amor, que ajuda crianças com câncer que precisam de tratamento. E aí, curtiu? Então, vem com gente!

 

>>> Saiba mais sobre o 2º lote do evento Hora H de 2019 clicando aqui.

 

Até a próxima!

 

existe-um-limite-para-nossa-capacidade-de-estudo-diario-para-o-cacd

ARTIGOS RELACIONADOS