Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Sugestão de Leitura

Sugestão de leitura para o CACD: Cidade Febril - Cortiços e Epidemias na Corte Imperial

Sugestão de leitura para o CACD: Cidade Febril - Cortiços e Epidemias na Corte Imperial

Conteúdo postado em 23/07/2021

Olá, sapientes!

 

O tema da pandemia ainda vai continuar sendo muito cotado para aparecer nas próximas edições do CACD. Então, estudar as consequências da covid-19 e comparar com as circunstâncias de outras questões sanitárias históricas, como a gripe espanhola e os surtos de febre amarela, pode ser bastante interessante para a prova de História do concurso.

 

É por isso que, na nossa sugestão de leitura da vez, não poderia faltar um livro interessantíssimo e que vai ajudá-los no entendimento da história brasileira em relação a suas crises sanitárias: "Cidade Febril - Cortiços e Epidemias na Corte Imperial".

 

A situação sanitária do Rio de Janeiro do século XIX

 

Escrito por Sidney Chalhoub nos anos 1990, mas ainda com grande relevância para as discussões atuais, Cidade Febril analisa e descreve a situação sanitária do Rio de Janeiro do século XIX. O recorte do livro mostra os conflitos sociais e políticos da época, em uma obra que é composta por 250 páginas, organizadas em três capítulos, focando na questão da escravidão no país.

 

É interessante notar que o objetivo central da publicação é retratar a história de mestiços e negros, escravos e libertos, nos cortiços cariocas, mas acaba levantando insights importantes sobre a situação de vulnerabilidade de alguns grupos sociais e sobre as disputas sociais que acabam sendo frequentes na sociedade. Um exemplo disso, que é resultante da argumentação do livro, é a defesa de que uma das razões para a aprovação da lei Eusébio de Queirós, que proibiu de forma definitiva o tráfico atlântico de escravos em 1850, foi a culpabilização social dos negros africanos pelos surtos de febre amarela no Brasil. Com isso, o livro tem a intenção de provar a tendência social de culpabilizar as populações mais vulneráveis pelos problemas de saúde no país.

 

 

Se tornar um diplomata é o seu objetivo?


Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia acaba de lançar a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Bons estudos!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS