Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Sugestão de Leitura

Sugestão de leitura para o CACD: Olavo Bilac

Sugestão de leitura para o CACD: Olavo Bilac

Conteúdo postado em 07/08/2020

Olá, sapientes!

 

Hoje é dia de dica de leitura e entre as nossas sugestões não pode faltar o nome que representa a poesia parnasiana brasileira: Olavo Bilac! Conhecer a poesia parnasiana brasileira também é importante para a primeira e segunda fase do CACD, então já podem ir anotando aí, viu?

 

Olavo Bilac e o Parnasianismo

 

Tanto em relação à forma quanto ao conteúdo, o Parnasianismo é uma contraposição do Romantismo, então, é claro que o sentimentalismo e o egocentrismo do segundo seriam rejeitados na produção parnasiana. E na poesia de Bilac não poderia ser diferente. Assim, as primeiras publicações dele são mais rigorosamente parnasianas, focando mais no fazer artístico, na métrica e na beleza do poema, e evitando temáticas com apelo emocional. 

 

Temas relacionados com o amor e com as questões sociais vão aparecer nos poemas de Bilac só quando o poeta já estiver mais maduro. A técnica apurada e a rigidez na métrica vão continuar sendo marca de toda a sua produção, mas agora como ferramentas para enfatizar as emoções e a individualidade do autor.

 

Mas fiquem atentos aqui: o Parnasianismo é considerado um estilo, e não um movimento literário, surgido na França e trazido ao Brasil pelos jovens que haviam ido completar os estudos na Europa. A poesia parnasiana, ao evitar o egocentrismo e sentimentalismo do Romantismo, acaba por ser excessivamente descritiva, usando principalmente os eventos históricos, a natureza ou mesmo objetos como tema das poesias. Alguns interpretam a poesia parnasiana como indiferente ou alienada pelo afastamentos com as questões sociais e políticas de seu tempo.

 

Nos poemas “A um poeta” e “profissão de fé”, Bilac fala sobre a produção literária e recomenda o distanciamento do mundo para poder manter a concentração na técnica. Para o poeta parnasiano, é mais importante ter livros e dicionários para buscar significados e rimas que estar em contato com a natureza e com as pessoas para obter inspiração.

 

Quer se tornar um diplomata, mas não sabe por onde começar?

 

Para auxiliar você que está começando os preparos para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) mas ainda não sabe qual é o curso mais indicado para o que você precisa, o Sapientia oferece uma Orientação Pedagógica Individual 100% à distância e gratuita. Quer saber como ela funciona? É simples! Com base em uma análise do seu perfil, o time de cuidados do Curso Sapientia esclarece suas dúvidas sobre planejamento para o Concurso do Itamaraty e indica o programa de estudos que melhor se encaixa nas suas necessidades. 

 

 

 >>> Saiba mais sobre a nossa orientação 100% gratuita clicando aqui.

 

 

Bons estudos!

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS