Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Professores Indicam

Como melhorar sua preparação para o CACD

Como melhorar sua preparação para o CACD

Conteúdo postado em 09/07/2020

Olá, sapientes! 

 

Agora que a 1ª fase do Concurso da Diplomacia já é uma realidade devido à publicação do Edital CACD 2020, chegou a hora de pegar firme no tempo que resta para se preparar. Mas, você sabe o que fazer para melhorar seus estudos? Nós separamos algumas dicas que podem te ajudar! 



Prepare o ambiente

Seu cantinho de estudos precisa ser organizado para atender suas necessidades e te ajudar a ter acesso ao material que precisa sem precisar ficar se levantando para buscar, ou seja, mantenha na sua mesa ou próximo a ela os materiais que você costuma usar na hora de estudar. E isso inclui não só livros e anotações, mas também uma garrafinha de água, por exemplo, pois isso evita que você precise levantar da cadeira toda hora para pegar em outro lugar. 

 

Outro fato importante e que muitas vezes passa despercebido é a questão da iluminação. Você já parou para pensar que a claridade (ou falta dela) faz toda a diferença no seu rendimento na hora de estudar? Isso acontece porque quando um ambiente tem muita ou pouca luminosidade, a pupila se contrai ou se expande, respectivamente, para se adequar à quantidade de luz que estamos recebendo, e isso requer maior esforço dos nossos olhos. E é justamente este trabalho a mais que pode prejudicar o rendimento dos estudos. 

 

A solução ideal para este problema seria estudar em um ambiente com iluminação natural, mas sabemos que nem sempre isso é possível e que, muitas vezes, a única luz que temos à disposição é a luz artificial. Mas isso não significa que não dá para fazermos algumas adaptações: busque luzes artificiais que mantenham um equilíbrio, ou seja, não sejam nem muito claras e nem muito escuras. Além disso, se você possui uma luminária em cima da mesa de estudos, busque posicioná-la no lado oposto da mão que você escreve, assim, evita a formação de sombras. 



Saiba gerenciar seu tempo

Crie um cronograma com tudo que você precisa estudar, bem como os horários em que pretende ver cada matéria, principalmente aquelas nas quais você tem mais dificuldade e, por isso, precisa dedicar mais tempo para estudar.

 

Separe, também, alguns momentos de descanso (sim, eles são super importantes e necessários, e vamos falar mais sobre isso daqui a pouco). Defina seu horário de almoço, lanche da tarde, jantar e, ainda, seu horário de parar de estudar. Assim, você não estuda nem menos e nem mais do que o necessário.

 

Quando você tem tudo planejado, as chances de perder tempo são menores. E sabemos que tempo é crucial, principalmente agora em que estamos chegando perto da fase inicial do Concurso da Diplomacia



Respeite seus limites

Lembra que falamos ali em cima sobre a importância de estabelecer horários de descanso? Pois é! Essa ideia pode parecer estranha para algumas pessoas, mas é extremamente necessária, visto que nosso cérebro precisa de um tempo para fixar as informações que aprendemos. 

 

Não adianta nada passar um dia inteiro estudando ininterruptamente se, ao final do dia, ficarmos tão cansados a ponto de não lembrarmos praticamente nada do que passamos o dia lendo. É muito mais benéfico estudar com pequenos intervalos para se levantar, alongar o corpo e se desligar um pouquinho daquele tanto de informação que temos para aprender. 

 

No entanto, é ainda mais importante entender que fazer pequenas pausas para descanso é muito diferente de simplesmente pausar os estudos por 2 ou 3 horas. Não se esqueça, ainda, de que essas pausas precisam ser periódicas e previamente determinadas, não aleatórias. Além disso, é preciso ter cuidado com o que fazer durante esse intervalo: nem pense em pegar o celular ou ligar a televisão, porque isso pode atrapalhar sua concentração na hora de voltar a estudar. 



Cuidado com a tecnologia

Outra dica muito importante para melhorar sua rotina de estudos é estabelecer um limite no uso de aparelhos tecnológicos como celulares, computadores e tablets. Ao mesmo tempo em que são ótimas ferramentas de pesquisa, esses aparelhos também podem te prejudicar e te atrasar caso você não saiba usá-los com cautela. 

 

E o que significa usá-los com cautela? Significa que, enquanto você estiver usando algum desses aparelhos para estudar, evite deixar suas redes sociais abertas em outra janela, não olhe o Whatsapp e nem entre no Facebook. Se preciso, desative suas notificações para que não fique recebendo prévias de mensagens enquanto faz uma pesquisa no Google

 

Entenda que, ao mesmo tempo em que a tecnologia é uma ótima aliada, ela também pode ser uma terrível inimiga e pode tirar todo o seu foco em questão de segundos se você não se policiar. 



Estabeleça metas realistas

Sempre que fizer seu planejamento de estudos, leve em conta suas obrigações fixas do dia a dia, bem como o tempo livre que você tem para estudar. Isso é extremamente importante na hora de estabelecer quanto pretende estudar em um dia ou uma semana, por exemplo, porque, dessa forma, você faz um planejamento que realmente pode cumprir. 

 

Estabelecer metas que fogem da sua realidade pode fazer o contrário de te ajudar! Isso porque, ao não conseguir realizar o que planejava, você pode se sentir desmotivado para dar continuidade aos estudos no dia seguinte e não é isso que queremos! 



Saiba errar

Estamos quase chegando ao fim das nossas dicas e não poderíamos deixar essa passar! Tenha em mente que você ainda vai errar (e muito!) durante o processo de preparação para o CACD, e isso é completamente normal. 

 

Nessas horas, é preciso manter a cabeça fria e se lembrar de que ninguém nasce sabendo tudo e que você errar algumas questões enquanto estuda não diminui o seu conhecimento ou a sua inteligência. Em vez de se culpar e se martirizar, busque aprender com os erros. Separe o que você não entendeu ou teve dificuldade e tente de novo, pesquise um pouco mais e peça ajuda para alguém! 



Dicas extras para colocar em prática

Por fim, mas jamais menos importante, aqui vão algumas dicas extras para você colocar em prática na hora de estudar para o CACD.

 

- Faça uso de flashcards: basicamente, os flashcards ou cartões de memória, em português, são cartões usados para testar o quanto tal matéria está na sua mente ou não. É só escrever alguma pergunta ou comando sobre algum assunto específico na parte da frente e depois colocar a resposta no verso que ele está pronto para ser usado! 

 

- Confira os guias de melhores e piores respostas dos aprovados no Concurso: todo ano desde 2013, os candidatos recém-aprovados no Concurso da Diplomacia criam um guia no qual mostram as melhores e as piores respostas da prova daquele ano. A partir disso, dá pra ter uma boa noção de como é a prova e quais respostas são melhores vistas. E a gente já divulgou o Guia feito pelos aprovados no CACD 2019 aqui! 

 

- Leia livros que abordam os assuntos exigidos na prova: nada melhor para aprender sobre os temas que caem na prova do que ler especificamente sobre eles, né? E o Sapi te ajuda nessa missão: toda semana fazemos indicações de leituras importantes para o CACD



E depois de falarmos tudo isso, querido ceacedista, o que queremos que você entenda é que não existe fórmula secreta para alcançar a aprovação no Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata. A trajetória não é fácil, ela exige foco e determinação, mas também não é impossível. Comece a implementar as dicas que nós demos na sua rotina de estudos e você verá a diferença! 

 

O que fazer agora?

 

E se você quiser um empurrãozinho a mais para seus estudos, não deixe de conferir o Maratona, nosso curso intensivo de revisão on-line para a 1º Fase do CACD! Você pode se matricular no pacote completo, com todas as disciplinas, ou também pode cursar as matérias isoladamente. Para saber mais informações e já garantir sua vaga, é só clicar AQUI.

 

Bons estudos e até a próxima!

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS