Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Sugestão de Leitura

Sugestão de leitura para o CACD: Persépolis

Sugestão de leitura para o CACD: Persépolis

Conteúdo postado em 17/04/2020

Olá, sapientes!

 

O Irã é um dos países do Oriente Médio mais relevantes para a primeira fase do CACD. Para quem está se preparando para o concurso, “Persépolis”, de Marjane Satrapi, pode ser uma forma descontraída de entender um pouco mais sobre a República Islâmica no tempo livre. Vamos lá?

 

“Persépolis” é uma daquelas publicações que, ao mesmo tempo em que tem valor histórico, não perde a atualidade. A autobiografia de Marjane Satrapi, publicada em forma de HQ, emociona e faz questionar sobre os temas que envolvem tanto a sociedade da revolução iraniana como do cenário mundial atual. 

 

Assim como “Maus”, HQ biográfica de Vladek Spiegelman, que descreve a situação dos judeus na Alemanha nazista, “Persépolis” é permeada de descrições do momento histórico vivenciado pela autora. A diferença entre as duas HQs está no tom mais leve e descontraído da segunda, que destrincha temas sérios levantados pela perspectiva da autora sobre a sociedade iraniana do pós-revolução de 1979.

 

Marjane discorre no livro sobre uma série de conflitos identitários e políticos que experimentou durante a vida. Por exemplo, um de seus primeiros conflitos foi em relação ao véu ter se tornado de uso obrigatório nas escolas. Por um lado, ela era bastante religiosa na época e o véu era um símbolo de sua fé, por outro, o fato de ter sido criada um uma família considerada moderna e liberal para aquela sociedade não a permitia estar satisfeita com aquela imposição.

 

Qual é a relação entre Persépolis e os estudos para o CACD?

 

"Persépolis" é uma leitura válida porque aborda temas políticos, como a questão da liberdade religiosa, da imigração e da discriminação contra a mulher e debates que não são novos, mas que não perdem sua importância para a sociedade atual. Assuntos como esses fazem parte de uma espécie de autorreflexão que percorre todos os cenários descritos pela autora, desde sua situação no Irã até seu contexto após emigrar para outro país. A importância desses temas torna a autobiografia de Marjane uma publicação que deveria ser lida por todos os grupos e idades. Pois bem, bora ler?

 

Quer se tornar um diplomata, mas não sabe por onde começar?


Para auxiliar você que está começando os preparos para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) mas ainda não sabe qual é o curso mais indicado para o que você precisa, o Sapientia oferece uma Orientação Pedagógica Individual 100% à distância e gratuita. Quer saber como ela funciona? É simples! Com base em uma análise do seu perfil, o time de cuidados do Curso Sapientia esclarece suas dúvidas sobre planejamento para o Concurso do Itamaraty e indica o programa de estudos que melhor se encaixa nas suas necessidades. 



 >>> Saiba mais sobre a nossa orientação 100% gratuita clicando aqui.


Bons estudos!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS