Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Estudar em dupla para o CACD: será que dá certo?

Estudar em dupla para o CACD: será que dá certo?

Olá, Sapientes!

 

Se, ao longo de sua jornada de estudos para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD), vocês conheceram várias pessoas e dentre elas uma acabou se tornando um super ou uma superparceira de estudos, provavelmente já deve ter passado por sua cabeça se valeria a pena estreitar essa parceria e iniciar um estudo em dupla, certo? Será que esforço conjunto valeria a pena? Hoje nós vamos trazer algumas vantagens sobre colocar em prática essa estratégia e quem sabe, assim, fica mais fácil de tomar uma decisão, não é mesmo?

 

Bom, nós já abordamos o assunto sobre estudar em grupos neste post aqui, mas nossa proposta, agora, é conversar um pouquinho a respeito do esforço em dupla mesmo, em que duas pessoas estão em patamares semelhantes de cumprimento do edital e têm comprometimento com seu avanço e com o de seu colega também. Se vocês são um desses sortudos que têm uma dupla em vista, vamos à análise de alguns fatores:

 

1- Cumprimento de prazos: se existe um comprometimento mútuo entre os parceiros de estudos, um poderá ajudar o outro a cumprir os prazos previstos no planejamento, a entregar exercícios no dia certo para os professores e a estimular o outro a bater a meta daquele tópico mais difícil do edital. São muitas as vantagens em relação a esse quesito.

 

2- Compartilhamento de conhecimento: é bem provável que, nessa dupla, cada um tenha facilidades diferentes do outro e, às vezes, até gostos. Por exemplo, se você não é muito fã de Direito e o seu parceiro tem facilidade ou é formado na área, essa será uma excelente oportunidade de compartilhar conhecimento. Claro que essa troca deverá ser mútua e cada um irá ajudar o outro com aquele tópico que entendeu melhor ou que tenha conhecimento prévio a respeito.

 

3- Contribuição com materiais: sabemos que podem ser muitos os gastos com aquisição de livros, assinaturas de revistas digitais, impressão de materiais e por aí vai. Imaginem só poderem compartilhar esse material e até reduzirem o custo com novas compras? E, se a coisa funcionar mesmo, cada um poderá contribuir, ainda, com resumos, fichamentos, flash cards, mapas mentais, desde que a troca seja sempre justa, certo?

 

E aí, será que o estudo em dupla é uma boa opção para vocês? Para tomarem essa decisão, é bacana que cada um analise, com cuidado, os prós e contras, converse com seu parceiro a respeito e juntos estabeleçam um objetivo em comum. Esse deverá ser um jogo de ganha-ganha, em que a contribuição de ambos seja a mais equilibrada possível, combinado?

 

Se tornar um diplomata é o seu objetivo?


Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia acaba de lançar a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Bons estudos!

 

Até a próxima!

 

estudar-em-dupla-para-o-cacd-sera-que-da-certo

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS