Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Dicionário de Sociologia para o CACD

Dicionário de sociologia para o CACD: Realismo Neoclássico, Neorrealismo e Realismo Clássico

Dicionário de sociologia para o CACD: Realismo Neoclássico, Neorrealismo e Realismo Clássico

Conteúdo postado em 11/06/2021

Olá, sapientes!

 

Estudar as concepções dos pensadores das relações internacionais pode ser bastante confuso, às vezes, né? Sendo assim, para facilitar a vida dos ceacedistas e ajudar a memorizar os conceitos importantes para o CACD, o Blog Sapi vai explicar, de forma rápida e simples, três conceitos que costumam confundir até os candidatos mais preparados: Realismo Neoclássico, Neorrealismo e Realismo Clássico. Bora nessa!

 

Realismo Clássico

Mais antigo dos três conceitos, o Realismo Clássico foi desenvolvido a partir dos trabalhos de E. H. Carr e Hans Morgenthau, que, de forma geral, interpretaram as atitudes dos Estados como baseadas na natureza humana e na busca por poder. Em outras palavras, esse conceito pode ser considerado hobbesiano, já que define que o egoísmo influencia o comportamento dos Estados como uma forma de instinto de sobrevivência em um meio anárquico. Além de que só os Estados são considerados atores relevantes para a política internacional, segundo essa teoria.

 

Nesse primeiro realismo, a única coisa que é alterada ao longo do tempo é a definição do que é poder. Por exemplo, no século XVIII, um Estado poderoso era aquele que possuía um vasto império colonial, enquanto hoje, um Estado com excedente de poder geralmente tem uma economia forte, grande posse de tecnologia e capacidade de inovação.

 

Neorealismo 

O debate neo-realista, do qual Kenneth Waltz é o principal representante, defende que a estrutura, ou seja, o contexto sistêmico, tem precedência sobre os atores internacionais, individualmente, na formulação das políticas dos Estados. Sendo assim, o neorrealismo faz uma analogia comparando o Estado a uma bola de bilhar, uma estrutura maciça, na qual não importa as características domésticas, as opiniões de seus cidadãos nem a história das instituições internas.

 

Realismo Neoclássico 

Esse conceito vem se tornando bastante popular nos últimos vinte anos. Assim como o Neorrealismo, ele também defende a precedência ontológica da estrutura, mas, a principal diferença está em também reconhecer que algumas variáveis domésticas podem influenciar as decisões tomadas pelos Estados. Diferentemente do Neorrealismo, a burocracia, a cultura e a imagem do líder político são alguns dos fatores definidores do Estado que são considerados importantes para o Realismo Neoclássico.

 

 

 

Ser diplomata está em seus planos?

 

Para você que está começando agora sua preparação para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia desenvolveu a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa completo pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento para te auxiliar a atingir um ótimo resultado no Concurso da Diplomacia. Curtiu a ideia?

 

 >>> Conheça mais sobre nosso curso regular clicando aqui.

 

Até a próxima!

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS