Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Hierarquia da carreira diplomática: como funciona?

Hierarquia da carreira diplomática: como funciona?

Olá, futuros diplomatas!

No post dessa semana a gente vai falar de um tema que faz os olhos dos ceacedistas brilharem: a escalada do Itamaraty na carreira diplomática. Ao longo de toda a carreira, os diplomata cumprirão várias funções e diversos cargos no Brasil e no exterior. Não dá para reclamar da rotina, né?

 

Após a aprovação no Concurso de Admissão do Instituto Rio Branco (IRBR), o CACD, a carreira diplomática começa com o posto inicial, o de terceiro-secretário. O diplomata exerce essa função enquanto ainda está sendo treinado no IRBR, mas com o término da capacitação no instituto a hierarquia segue os seguintes cargos: segundo-secretário, primeiro-secretário, conselheiro, ministro de segunda classe e, finalmente, ministro de primeira classe ou embaixador. Mas qual é a responsabilidade de cada cargo ?

 

Cargo de 2.º Secretário

Após a conclusão do treinamento no IRBR o próximo estágio na carreira diplomática é a promoção para o cargo de 2° Secretário. Fontes internas indicam que essa promoção não é automática. O diplomata deve exercer suas atividades no local ao qual for designado até chegar o momento de sua promoção.

 

Cargo de 1.º Secretário

O primeiro-secretário pode trabalhar como assessor do ministro das relações exteriores ou do secretário-geral do presidente da República. É um cargo para ser cumprido em Brasília, já que é o primeiro-secretário que auxilia e acompanha os deputados e senadores nos processos de autorização de ratificação de tratados no Congresso Nacional.

 

Cargo de Conselheiro

Para conseguir essa promoção, o diplomata deve ter, no mínimo, nove anos de serviço. O papel do conselheiro é de chefe de divisões, como a de Direitos Humanos ou a das Nações Unidas, ou de missões diplomáticas do grupo D.

 

Para saber mais sobre a classificação das missões diplomáticas brasileiras clique aqui e confira esse artigo do Blog Sapi.

 

Cargo de ministro de 2.ª classe

O ministro de segunda classe é responsável pela chefia das divisões do Itamaraty, como a de meio ambiente, África ou de Oriente Médio.

 

Cargo de ministro de 1.ª classe

Os ministros de primeira classe são os embaixadores, também chamados de chefes das missões diplomáticas (embaixadas ou representações em organismos internacionais). 

 

É interessante notar que, mesmo sendo o cargo de maior hierarquia na carreira diplomática, ele não é, obrigatoriedade, ocupado apenas por diplomatas de carreira. O Presidente da República é quem indica os embaixadores, sendo eles diplomatas ao não.

 

Agora que você já sabe um pouco sobre a hierarquia da carreira diplomática, é bom manter em vista que o treinamento dos diplomatas durante a carreira é intenso e contínuo. É preciso ser capaz de se adaptar e representar o Brasil perante a sociedade internacional, além de transmitir ao Brasil as informações necessárias para se formular uma política externa adequada. Os diplomatas são preparados para tratar de temas desde paz e segurança a comércio internacional. Uma carreira bem eclética, não é mesmo?

 

Se tornar um diplomata é o seu objetivo?


Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia acaba de lançar a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Bons estudos e boas leituras!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS