Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Qual é a diferença entre o Ministério das Relações Exteriores e o Itamaraty?

Qual é a diferença entre o Ministério das Relações Exteriores e o Itamaraty?

Olá, futuros diplomatas!

Uma das funções primordiais do Itamaraty é auxiliar o Presidente da República a orientar e pôr em prática a política externa brasileira, garantindo sua adequação e eficiência. Além da atuação interna, internacionalmente o MRE é responsável por manter a comunicação e boas relações diplomáticas com os governos dos Estados estrangeiros e organizações internacionais, assegurando assim os interesses do Estado e da coletividade brasileira no exterior. Mas você já se perguntou qual é a diferença entre o Ministério das Relações Exteriores e o Itamaraty? 

 

Está certíssimo quem disse “nenhuma”. O MRE passou a ser apelidado de Itamaraty por causa de sua primeira sede, no Rio de Janeiro, o Palácio do Itamaraty. Mesmo depois da mudança do ministério para Brasília, na década de 1970, o costume de chamá-lo Itamaraty permaneceu e até o Palácio dos Arcos – nome original do edifício concebido por Oscar Niemeyer – não tardou a ser chamado "Palácio Itamaraty".

 

O antigo palácio pertenceu ao Barão do Itamaraty e serviu de sede do governo republicano durante os primeiros anos da Primeira República (1889-1898) e, posteriormente, sede do MRE a partir de 1898. 

 

Algumas mudanças antes do Itamaraty ser o que é hoje

 

Foi o alvará de 1736 que institui a primeira organização que viria a se tornar a antecessora do Itamaraty. D. João V, rei de Portugal quando começa a exploração de ouro no Brasil, assina esse documento, criando a Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Guerra, que seria transferida ao Brasil entre 1807 e 1808, juntamente com a vinda das cortes para a colônia.

 

Pouco antes da declaração da independência, a secretaria é dividida em Secretaria de Estado dos Negócios da Guerra e Secretaria de Estado dos Negócios do Reino e Estrangeiros, ficando José Bonifácio de Andrada e Silva, o "Patriarca da Independência", encarregado do comando desta última. 

 

Com a independência, o órgão torna-se a Secretaria de Estado dos Negócios do Império e Estrangeiros, mas já em novembro de 1823, o Imperador Pedro I decreta nova reforma e a instituição passa a ser chamada Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros. As últimas mudanças de denominação ocorrem no Segundo Reinado, quando a instituição se tornará Ministério dos Negócios Estrangeiros do Império do Brasil, e com a instituição da República, em 1889, quando ela receberá a denominação que permanece até hoje.

 

Se tornar um diplomata é o seu objetivo?


Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia acaba de lançar a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Bons estudos!

 

qual-e-a-diferenca-entre-o-ministerio-das-relacoes-exteriores-e-o-itamaraty

ARTIGOS RELACIONADOS