Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Sugestão de Leitura

Sugestão de Leitura para o CACD: Esaú e Jacó

Sugestão de Leitura para o CACD: Esaú e Jacó

Conteúdo postado em 24/01/2019

Olá, Sapientes!

 

Nossa sugestão de leitura de hoje é uma obra prima que completa 115 anos em 2019: Esaú e Jacó, de Machado de Assis. Já ouviu falar? Bom, o autor é um velho conhecido nosso e a gente entra em contato com ele logo no ensino secundário, com as inesquecíveis aulas de literatura brasileira, não é mesmo? Então vamos a um breve resumo da história.

 

Esaú e Jacó foi o penúltimo romance escrito por Machado, o qual, de uma forma bastante interessante, é conectado ao seu último livro, intitulado Memorial de Aires. Conselheiro Aires, um diplomata aposentado, é personagem e narrador de Esaú e Jacó e sempre carrega consigo um caderninho em que faz suas observações sobre as pessoas que conhece e as situações em que vive. A existência desse caderninho é uma espécie de teaser para o próxima, e última, obra que seria publicada.

 

O título do livro remete aos personagens bíblicos Esaú e Jacó, irmãos que teriam se tornado inimigos mortais um do outro. Na obra de Machado, esses irmãos são Pedro e Paulo, que, desde seus primeiros anos, já mostravam suas desavenças e discordâncias. Na vida adulta, esse embate fraterno culmina em uma disputa política de preferências entre a monarquia e a república, refletindo o grande impasse da sociedade à época da Proclamação da República.

 

Trata-se de uma obra que traça os fatos históricos de uma maneira realista com personagens bem próximos da realidade também. Vale a pena cada página! E, melhor, o livro é de domínio público e pode ser baixado no próprio repositório governamental. Vamos deixar o link aqui para você fazer o download, combinado?

 

Mas em que matéria isso se encaixa?

 

No edital para o Concurso de Admissão à Carreira Diplomática não existe a matéria Literatura e, sim, a de Língua Portuguesa. Na primeira fase do certame, a fase objetiva, o enfoque é maior em gramática e interpretação de texto. Já na segunda fase, a qual é dissertativa, além de uma redação sobre tema geral, serão propostos dois exercícios de interpretação e análise de textos. A Literatura vai permear esses exercícios de interpretação, pois você correrá o “risco” de ter lido o trecho da obra referenciada, bem como ampliará sua bagagem cultural para fazer um eventual diálogo entre obras, caso seja possível.

 

A dica é: não é necessário ler obras literárias durante seu tempo de estudos regular. Deixe para fazer essa leitura antes de ir deitar-se. Se, todo dia, você ler um pouquinho, conseguirá finalizar várias obras, sem tomar muito o seu tempo. E, de quebra, seus sonhos podem ficar mais culturais. O que acha?

 

Onde encontro mais dicas de Português para o CACD?

 

Aqui no Sapientia você encontrará as melhores dicas de estudo para a Língua Portuguesa no nosso Curso Regular Extensivo, o qual terá início já na semana que vem. São aulas 100% inéditas, com plantão de dúvidas diretamente com o professor e materiais em PDF. Fora o corpo docente do Sapientia que é reconhecidíssimo no mercado. E aí, interessou?

 

>>> Conheça mais sobre o nosso curso regular clicando aqui.

 

Quer ficar antenado com tudo o que acontece no CACD? Então siga a gente no Facebook e no Instagram.

 

Até a próxima sugestão de leitura!

 

CACD-diplomata-itamaraty-diplomacia-sugestao-de-leitura

ARTIGOS RELACIONADOS