Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Dicionário de Sociologia para o CACD

Dicionário de sociologia para o CACD: Doutrina Eisenhower

Dicionário de sociologia para o CACD: Doutrina Eisenhower

Conteúdo postado em 14/05/2021

Olá, sapientes!

 

Antes de começar a explicar o que foi essa tal doutrina Eisenhower, que tal a gente entender os fatores que levaram à sua formulação? Pois bem… O fato é que o líder nacionalista egípcio Gamal Nasser estava gradualmente aproximando o Egito, uma das economias mais representativas do Oriente Médio no período, da União Soviética. E ninguém precisa ficar falando como isso desagradou os Estados Unidos do início da Guerra Fria, né?

 

Como resposta, em 1956, os Estados Unidos e o Reino Unido cancelaram os investimentos que seriam feitos para a construção da Grande Barragem de Aswan, no Rio Nilo. E você pensa que Nasser deixou barato? Não mesmo! No mesmo ano, o presidente egipsio nacionalizou o Canal de Suez, um empreendimento majoritariamente britânico, com o objetivo de financiar a construção da barragem no Nilo a partir das taxas coletadas com a passagem de navios pelo Canal. E é daí que surge a doutrina Eisenhower…

 

A Crise de Suez e a Doutrina Eisenhower

 

A Crise de Suez escancarou para os Estados Unidos o potencial que os conflitos no Oriente Médio tinham, para permitir a expansão da influência da União Soviética nessa importante região exportadora de petróleo. Sendo assim, já em 1957, o presidente Dwight Eisenhower se pronunciou no Congresso dos Estados Unidos sobre a situação crítica no Oriente Médio, facilitando a aprovação de um pacote de medidas de apoio militar e econômico para a região. Apesar das críticas aos aumentos de gastos do governo, esse pacote, que ficou conhecido como doutrina Eisenhower, foi aprovado com ampla maioria.

 

De forma geral, a Doutrina Eisenhower foi uma versão mais focada no Oriente Médio da doutrina Truman, que já vinha guiando a política externa dos EUA. Na realidade, a proposta de Eisenhower visava um papel econômico e militar mais pró-ativo por parte dos Estados Unidos no combate à expansão da influência soviética no Oriente Médio. A doutrina Eisenhower, assim, foi uma sinalização para Moscou e para os países médio-orientais que os EUA estavam dispostos a fortalecer sua presença na região.

 

Se tornar um diplomata é o seu objetivo?

Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia acaba de lançar a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Bons estudos e até a próxima.

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS