Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Atualidades

Relações entre Estados Unidos e Índia

Relações entre Estados Unidos e Índia

Conteúdo postado em 03/03/2021

Olá, sapientes!

 

É bastante óbvio que estudar as relações do Brasil com os outros Estados é essencial para o CACD e para a própria carreira diplomática, mas, com a complexificação das relações internacionais, os estudos da geopolítica não podem parar por aí, ok? 

 

Recentemente, os professores de política internacional têm percebido um crescente número de questões que tratam sobre a política externa dos nossos parceiros prioritários, mas sem levar em conta as relações diretas com o Brasil. Assim, o Blog Sapi resolveu trazer para vocês um pouco da geopolítica asiática ao tratar do relacionamento entre dois parceiros importantíssimos para o Brasil: a Índia e os Estados Unidos. Bora nessa!

 

Consequências para outros países

 

O enlace entre a Índia e os Estados Unidos não se limita a esses dois países. As interações entre esses dois gigantes afetam também toda a região. Ainda nos anos 1970, por exemplo, a aproximação de Washington com Nova Delhi enfrentou dificuldades quando o governo do presidente norte americano, Richard Nixon, começou a normalizar as relações com a China, um rival histórico da Índia, por meio da intermediação do Paquistão, o irmão e oponente principal da Índia e que viria a se tornar um parceiro tradicional para a China. Nesse contexto, a União Soviética parecia despontar como parceiro alternativo para a Índia.

 

Como está a situação atual dessa relação?

 

Atualmente, a situação é exatamente o contrário. São os desafios que o crescimento da China apresenta que têm impulsionado a aproximação da potência ocidental com a Índia. Em 2017, os dois países, juntamente com Austrália e Japão, retomaram as atividades do Quad (Quadrilateral Security Dialogue) para promover o desenvolvimento de estratégias para lidar com a expansão da influência política e econômica e do poder militar da China na região que eles chamam de "Indo-Pacífica".

 

Além disso, o Paquistão já não é mais um entrave para o relacionamento dos dois países. A gradual retirada de tropas do Afeganistão desde o governo Obama significa, também, uma gradual perda de importância do Paquistão para os Estados Unidos. Consequentemente, sobra mais espaço para a cooperação militar e tecnológica entre a Índia e os EUA, sem falar no incremento nas relações comerciais, que levaram os EUA a superarem, em 2019, a China como principal parceiro comercial da Índia. 

 

Mas, como nem tudo são flores,  a agenda comercial gerou algumas tensões entre Modi e Trump. Da mesma forma que Washington, Nova Delhi também iniciou políticas protecionistas e aumentou as tarifas para produtos importados desde o início da gestão de Narendra Modi. Em 2019, a Índia também optou por abandonar as negociações da Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP), um acordo de livre comércio que acabou tendo a China como principal economia. Além disso, os investimentos na infraestrutura do Irã, como no porto de Chabahar e a crescente relação comercial da Índia com o Irã, somado às importações de equipamento militar da Rússia, não agradam muito os Estados Unidos.

 

Com a eleição de Joe Biden, as coisas prometem mudar, mas nada está muito certo ainda sobre como vão ser as relações entre essas duas grandes economias daqui para frente.

 

 

Quer se tornar um diplomata, mas não sabe por onde começar?


Para auxiliar você que está começando os preparos para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) mas ainda não sabe qual é o curso mais indicado para o que você precisa, o Sapientia oferece uma Orientação Pedagógica Individual 100% à distância e gratuita. Quer saber como ela funciona? É simples! Com base em uma análise do seu perfil, o time de cuidados do Curso Sapientia esclarece suas dúvidas sobre planejamento para o Concurso do Itamaraty e indica o programa de estudos que melhor se encaixa nas suas necessidades. 



 >>> Saiba mais sobre a nossa orientação 100% gratuita clicando aqui.


Bons estudos!

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS