Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Quero ser Diplomata, e agora?

Nomes de destaque da diplomacia brasileira: Araújo Castro

Nomes de destaque da diplomacia brasileira: Araújo Castro

Olá, sapientes!

 

Já começamos aqui no Blog Sapi a falar sobre algumas personalidades que marcaram a diplomacia brasileira, como Oswaldo Aranha, né? Isso tudo porque conhecer a trajetória de alguns dos principais chanceleres do Brasil é conhecer a política externa brasileira. Pois bem, dessa vez vamos falar do chanceler de Jango: Araújo Castro

 

Antes de ser nomeado chanceler, João Augusto de Araújo Castro fez parte da comitiva do então vice-presidente João Goulart, que visitou desde Moscou até o Extremo Oriente em 1961. Pois é, aquela afamada viagem que Goulart fez à China comunita e que foi interrompida pela renúncia do presidente Jânio Quadros.

 

O discurso dos Três Ds

 

Em 1963, Araújo Castro foi colocado no comando do Ministério das Relações Exteriores. E foi na condição de ministro que representou a delegação brasileira no discurso de abertura da XVIII Sessão da Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque. Esse discurso, que ficou conhecido como o discurso dos "Três Ds" (Desenvolvimento, Desarmamento e Descolonização), teve grande relevância para a política externa brasileira, pois mostrou o posicionamento brasileiro focado no desenvolvimentismo, de certa forma, independentista, em um contexto de estabelecimento do bloco capitalista e socialista. Além disso, o discurso é um dos pioneiros a falar sobre o desarmamento. Araújo Castro defendeu que, se apenas 1% dos gastos em armamentos fosse convertido em ações de combate à pobreza, haveria menos países pobres no mundo.

 

Trajetória final na carreira

 

Após alguns anos afastado das funções principais, desde o golpe militar, que cassou os mandatos de todos os políticos e ministros próximos a Goulart, Araújo Castro foi nomeado, em 1968, para chefiar a delegação brasileira na ONU. Em 1971, assumiu a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, onde trabalhou para melhorar a imagem do Brasil frente às denúncias de desrespeito aos direitos humanos cometidos pelo regime militar. Foi nesse posto que passou os últimos dias, vindo a falecer em 1975. 

 

Se tornar um diplomata é o seu objetivo?


Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia oferece a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Bons estudos!

 

 

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS