Seja Diplomata, Faça Sapientia Recorde de Aprovação no CACD

Matricule-se Agora

Conteúdo Sapiente

Complemente seu Estudo



Atualidades

A Índia de Narendra Modi

A Índia de Narendra Modi

Conteúdo postado em 22/09/2021

Olá, sapientes!

 

A gente já falou aqui no Blog Sapi sobre as orientações da política externa da China quando explicamos o porquê dessa grande economia asiática ser um “responsible stakeholder”. E como a Índia é o segundo Estado asiático mais importante para os nossos estudos para o CACD, esse outro gigante asiático não poderia ficar de fora do nosso Blog, né? Pois bem, venham com a gente entender melhor as diretrizes políticas da Índia na atualidade!

 

As decisões da política externa indiana têm sido pautadas por cinco objetivos estratégicos:

 

• Neighbourhood first: busca por desenvolver a integração com a vizinhança

A Índia expressa o desejo de tornar-se o centro de gravidade e integração regional para a agenda política e econômica dos países asiáticos. Nesse quesito, tem-se apostado no aumento da influência indiana sobre Bagladesh, Nepal e Butão.

 

• Make in India: promoção do desenvolvimento indiano via parcerias internacionais

Política de atração de investimento estrangeiro direto para tornar a Índia um grande hub regional de tecnologia, serviços e manufaturas, com a finalidade de garantir sustentabilidade a longo prazo para o crescimento da economia indiana.

 

Act East: estabelecer o equilíbrio multipolar e estabilidade na região Indo-Pacífica 

Busca estreitar parcerias com Japão, Austrália, China, mas também, com menor intensidade, com a Rússia.

 

• Multilateralism with multipolarity: liderança e representatividade na governança global

Essa diretriz é o ponto que forma a principal diferença entre a política indiana e a brasileira na atualidade. O Brasil, nos últimos dois anos, tem assumido uma postura reativa, defensiva e crítica ao multilateralismo. Temas de governança global, como na agenda da saúde, de grande importância ao longo da pandemia, evidenciaram a diferença de postura dos governos brasileiro e indiano.

Essa questão gerou um forte debate sobre a quebra de patente, algo que a Índia e o Brasil eram lideranças globais nas últimas décadas. Enquanto a Índia manteve-se defendendo a importância da quebra de patente de medicamentos e vacinas, o governo brasileiro posicionou-se contra, rompendo com o já bem estabelecido posicionamento da diplomacia brasileira. No entanto, é importante notar que o governo brasileiro tem dado sinais de voltar atrás nas declarações feitas e já sancionou uma lei permitindo temporariamente a quebra de patentes de vacinas.

 

• Relações com o Paquistão baseadas na dissuasão

Apesar dos esforços da China para apaziguar o conflito histórico entre esses dois vizinhos, as tensões entre Índia e Paquistão continuam, principalmente em relação à região da Caxemira. Há décadas, os dois têm disputado a soberania sobre a integralidade do território da Caxemira, onde a Índia acusa o Paquistão de supostamente apoiar grupos terroristas. 

 

 

Você está se preparando para o CACD?


Para você que está começando agora sua preparação para o CACD e também para você que já se prepara há algum tempo e busca uma estratégia de estudos dinâmica e eficiente, o Sapientia acaba de lançar a Trilha Regular Extensiva (TRE), um programa pensado para otimizar sua preparação, perpassando todos os itens do edital do concurso de forma sólida e pragmática. A TRE utiliza o que há de melhor dos recursos multimídia para unir teoria, prática e aprofundamento. Curtiu a ideia?

 >>> Conheça mais sobre nosso mais novo curso regular clicando aqui.

Até a próxima sugestão de leitura!

sugestao-de-leitura-para-o-cacd-o-quinze

ARTIGOS RELACIONADOS